Toninhas encontradas sem vida em Laguna

Cinco toninhas são encontradas sem vida na Praia do Sol, em Laguna (SC), possíveis vítimas de captura acidental em rede de arrasto

Equipe do PMP - Udesc Laguna/SC atendendo ao chamado aberto na quarta feira (09). Foto:PMP - Udesc Laguna/SC

Na tarde desta quarta-feira (09/10), a equipe da Udesc recebeu um acionamento de cinco toninhas (Pontoporia blainvillei) na Praia do Sol, em Laguna (SC). O recolhimento dos golfinhos foi feito via Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), por volta das 13h20min. Das cinco toninhas encontradas na faixa de areia, uma estava grávida.

Ao que tudo indica, as toninhas foram vítimas de captura acidental em uma rede de arrasto, conforme informado pelo acionante. Ao chegarem no local, técnicos e monitores constataram que os golfinhos estavam enterrados na areia da praia. As cinco toninhas foram encaminhadas para a Unidade de Estabilização de Fauna Marinha da Udesc, em Laguna, onde passarão por necropsia. Mais informações serão repassadas a partir dos resultados dos exames.

Foto: PMP – Udesc Laguna/SC

A toninha é o menor golfinho das espécies de cetáceos, além de ser considerado o mais ameaçado de extinção no Brasil. A pesca acidental é uma das principais ameaças aos animais marinhos, mesmo que não sejam o alvo da pescaria. Ao se enrolar em uma rede de pesca, as toninhas e outros animais marinhos não conseguem respirar e morrem afogados.

Caso encontre algum animal marinho vivo ou morto, entre em contato conosco pelo telefone 0800 642 3341. Sua ajuda é fundamental para salvar vidas!

Foto: PMP – Udesc Laguna/SC

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama.

Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. A UDESC monitora o Trecho 1 compreendido entre Laguna e Imbituba, e recebe animais para reabilitação e necropsia do Trecho 2, compreendido entre Imbituba e Governador Celso Ramos.

Fonte: PMP – Udesc Laguna/SC/Santiago Anguita.

1 thought on “Toninhas encontradas sem vida em Laguna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *