3 de março de 2024

Asaep chama a atenção para o ‘Merdeiro’ em Imbituba

3

Em tom de protesto, Asaep organiza mutirão para tentar minimizar impactos do esgoto na praia do Porto, em Imbituba. Ação ocorreu neste domingo (26).

A Associação de Surfistas, Amigos e Ecologistas da Praia do Porto (Asaep), em Imbituba, realizou neste domingo (26), um verdadeiro mutirão de contenção de sujeira no local conhecido como ‘Merdeiro’. A ação contou com a colaboração de surfistas e moradores do bairro Aguada, que em tom de protesto, lembraram o problema que aflige a comunidade praiana há décadas.

Ainda sem solução para o esgoto e a sujeira vindos da região central da cidade, num canal que só deveria passar água da chuva, e que atravessa boa parte da praia e desemboca diretamente no mar, em local onde surfistas e frequentadores da praia se banham, a intenção do protesto seria, mais uma vez, chamar a atenção da população e dos órgãos responsáveis, como Prefeitura, ICMBio, entre outros, sobre o sério problema.

A Asaep compartilhou nas suas redes sociais o resultado da ação, e está sendo vista positivamente a ação realizada, mas seus integrantes e a comunidade local querem uma solução definitiva, que pode passar pela fiscalização das ligações irregulares nas redes pluviais da região central da cidade, ou pela solução definitiva do problema.

Uma pequena ação para tentar minimizar o grande impacto que nós, seres humanos, causamos. Já se passaram muitas décadas, e o problema segue aumentando, mais lixo mais esgoto e menos fiscalização e mobilização por parte do poder público! Até quando vamos recolher o lixo e cheirar o esgoto que chega pelos bueiros, para se diluir na água que iremos nos banhar, onde vivem os peixes que nos alimentam, e as ondas que ali nos fazer relaxar?! #sospraiadoporto.” comentaram na postagem.

About Author

3 thoughts on “Asaep chama a atenção para o ‘Merdeiro’ em Imbituba

  1. Bom dia. Se faz necessário o contato e a pressão junto a Prefeitura de Imbituba para que a mesma requeira a adesão ao Pjto.Orla (Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro). Assim a sociedade civil, comunidade, associação de pescadores, de surf, hotéis, comércio, enfim todos aqueles que desfrutam da orla (possui definição) devem ser convocados a participar da elaboração do Plano de Gestão Integrada-PGI que possui orientação técnica e , após o diagnósticos dos problemas e possiveis soluções é encaminhado para o Conselho Técnico Estadual-CTE/PO-SC da qual faço parte, para análise, etc. Gentileza entrar em contato com https://www.sde.sc.gov.br/index.php/biblioteca/gerco/projeto-orla
    Att.:Alan (SED-SC e ASJ)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *