14 de junho de 2024

CBSurf Jr Tour tem abertura em Itacaré, na Bahia

0

Reiginaldo Ferreira - segundo da esq. para a dir. -, com atletas da equipe catarinense embarcando para o CBSurf Júnior Tour em 2018.

Campeã em 2018, SC pretende marcar presença e Presidente da Fecasurf comenta sobre o esforço para levar a equipe

A praia da Tiririca, Itacaré, Bahia, receberá, nos próximos dias 15 e 16 de junho, o melhor do surf brasileiro de base para as disputas do Damasco e Backfish apresentam CBSurf Júnior Tour 2019. O confronto entre seleções estaduais da CBSurf tem a marca da modernidade e renovação em um formato único e tradicional.

Nele, além de cinco títulos individuais, o selecionado de cada estado busca se tornar campeão da etapa e ser líder nacional, para tanto, depende dos pontos máximos de sete surfistas de sua delegação, sendo completa quando devidamente uniformizada, portando a bandeira do estado e tendo uma surfista Sub 16, outra Sub 18, mais uma dupla masculina em ambas, além da Sub 14, a de “entrada” do CBSurf Júnior Tour, e na qual, há 12 anos, o atual defensor do título mundial Gabriel Medina fez sua estréia nacional.

CBS busca formar novos ‘Medinas’, ‘Italos’, ‘Silvanas’…

O surgimento de novos campeões é o foco atual no surf brasileiro. Mateus Herdy, em Tawian, recebendo a taça de Campeão Mundial do Pro Jr. da WSL em 2018. Foto: Jack Barripp.

Como surfista iniciante, Medina representou São Paulo já em 2007 e venceu final que contava, entre outros três, com Ítalo Ferreira, do Rio Grande do Norte, e hoje, também, sério candidato a representar o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2020. E são novos ‘Ítalos’, ‘Medinas’, e novas ‘Silvanas’ e ‘Tatis’ que o CBSurf Júnior Tour busca revelar a cada temporada, de forma a não interromper o círculo virtuoso de conquistas do surfe brasileiro. 

Ano passado, o domínio voltou a ser de Santa Catarina, mas individualmente os que mais brilharam foram Mateus Sena, do Rio Grande do Norte, que unificou os títulos Mirim (Sub 16) e Júnior (Sub 18), a carioca Julia Duarte, campeã Sub 18, a bicampeã Sub 16 Tainá Hinckel e o também catarinense Heitor Muller, que faturou a Sub 14 nacional após 4 etapas.

Fecasurf busca últimos parceiros para levar equipe para o CBSurf Júnior Tour 2019. Reiginaldo Ferreira comenta ao Surfemais sobre seu trabalho com a equipe catarinense

Heitor Muller, de São Francisco do Sul, nova promessa do surf catarinense em ação, ao vencer na Categoria Mirim, na abertura do Rip Curl Grom Search, em Garopaba, no início deste ano. Foto: Márcio David.

O Presidente da Federação Catarinense de Surf (Fecasurf), Reiginaldo Ferreira, desde o início de sua gestão tem levado a equipe barriga verde ao CBSurf Júnior Tour. Trouxeram na volta, os dois títulos que disputaram (2017 e 2018), e ainda corre atrás para fechar os últimos parceiros e apoiadores da equipe para, mais uma vez, disputar a maior competição amadora do país.

Diante da preocupação com outras seleções estaduais que disputam o CBSurf Tour neste ano, como a paulista, que, segundo informações, pretende levar mais de 40 atletas em sua delegação, buscando barrar o domínio catarinense, a competição organizada pela CBS, que em 2020 levará a Seleção Brasileira aos Jogos Olímpicos no Japão, Reiginaldo Ferreira conversou com o Surfemais sobre este trabalho.

Segundo Reiginaldo, “Assim como nos outros anos, nunca é fácil montar uma equipe completa, e ter o apoio necessário para levar nossos atletas para esta competição. Pensamos nos atletas sempre, em ajuda-los a crescer no esporte, e ainda teremos que contar com mais apoiadores, empresas do surf ou fora dela, para que possamos manter nossa higemonia que conquistamos através de anos disputando estes eventos. Nossos atletas merecem, pelo trabalho que eles fazem, desde as competições em suas cidades, até nas disputas estaduais.”

Formados aqui, disputam eventos em alto nível

Equipe Fecasurf durante etapa do CBSurf Júnior em Maresias (SP)

O Presidente da Fecasurf lembra onde estão alguns dos vários atletas que disputam os eventos da Fecasurf, e que formaram a equipe catarina nos eventos da CBSurf nos últimos anos, “Temos atletas disputando em alto nível competições nacionais e internacionais. Como Leo Casal – que acabou de vencer Pro Jr. no Chile -, Lucas Vicente, estes todos entre os 5 melhores sulamenticanos no Pro Jr. da WSL na América do Sul, Tainá Hinckel – Bi-Campeã Pró Jr. Sulamericana, e que dispensa outros comentários -, Leo Barcelos, Wallace Vasco, Heitor Muller – atual Campeão Brasileiro Sub14 -, Uriel Spossaro e por ai vai…”

“E ainda tem o Mateus Herdy, campeão Mundial Pro Júnior ano passado, que não fez parte de nossa equipe no CBSurf, mas eleva o nível dos atletas do estado”, comenta Reiginaldo. 

A Fecasurf disponibilizou seu telefone de contato – (48) 3025.1880 – para quem quiser fazer parte deste projeto, que é o suporte para a disputa do CBSurf Júnior Tour 2019, continuar fortalecendo o surf catarinense, e quem sabe, contar com surfistas de Santa Catarina no Mundial Amador da International Surfing Association (ISA) neste ano, e, quem saber, até nas Olimpíadas de Tóquio, no Japão em 2020. “Um sonho possível, já que estivemos presentes nos últimos mundiais com atletas e o técnico da equipe brasileira, nosso Balu“, finaliza Reiginaldo Ferreria. 

Os pré convocados da equipe catarinense em 2019 

Dezesseis atletas poderão representar Santa Catarina no Circuito Brasileiro Amador deste ano, o CBSurf Júnior Tour. A Fecasurf utilizou como critério o ranking do ano anterior. Estes abaixo são os pré-convocados para a disputa da 1ª etapa do CBSurf Júnior Tour na Bahia.

Categoria Sub18
Tayron da Silva
Heidiederson Jr. 
Leo Casal 
Luiz Mendes  
Leo Barcelos

Sub16
Luiz Mendes 
Artur Romão 
Leo Casal
Heitor Muller
Patrick Pachi 

Sub14
Heitor Muller
Noah Machado 

Sub18 Feminino
Rafaela Coelho
Ana Luiza Romão

Sub16 Feminino 
Kiany Hyakutake
Ana Luiza Romão

Chefe de Equipe: Reiginaldo Ferreira 
Técnico da Equipe: Balu Schroeder

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *