24 de julho de 2024

Vem ai o Layback Pro 2024 de 6 a 10 de março na Praia Mole, em Florianópolis

0

O evento fecha a temporada 2023/24 da WSL South America, esta é a quarta edição da etapa do QS 3000 na Ilha da Magia. Nova atração é a estreia do Floripa Film Fest no Hotel Selina e a competição será transmitida ao vivo pelo WorldSurfLeague.com

Prefeitura de Florianópolis apresenta Layback Pro QS 3000 na Praia Mole. Foto: Divulgação Layback.

A Prefeitura de Florianópolis apresenta Layback Pro, que pelo terceiro ano consecutivo vai fechar a temporada, decidindo os campeões sul-americanos da World Surf League (WSL) nas ondas da Praia Mole, na Ilha de Santa Catarina. A última etapa regional de 2023/2024 da WSL South America tem status QS 3000 e também define os classificados para o Challenger Series, o circuito de acesso para a elite mundial do Championship Tour (CT). A competição acontece entre os dias 6 e 10 de março e uma das grandes novidades esse ano, é a estreia do Floripa Film Fest patrocinado pela Layback, que vai acontecer no Hotel Selina da Praia Mole.

Nós estamos indo para a sexta edição do Layback Pro, a quarta em Florianópolis, num ano difícil. Enquanto todas as marcas de surfe, de skate, do nosso segmento, estão tirando o pé do acelerador, a Layback está dobrando a aposta, destaca Bill Tassinari, diretor da Agência Esporte & Arte, licenciada pela WSL Latin America para realizar esta etapa masculina e feminina do QS 3000. 

Michael Rodrigues venceu o Layback Pro 2022 e é garantia de show na Praia Mole. Foto: Marcio David/Layback.

“Vamos fazer mais uma vez, o evento mais importante da temporada, que vale decisivos 3.000 pontos nos rankings masculino e feminino, para a disputa dos títulos sul-americanos e na briga por vagas no Challenger Series. Então, já estamos ansiosos para oferecer mais um show de surfe ao público que vem lotando a Praia Mole a cada campeonato”, completa Bill.

O Layback Pro foi o primeiro campeonato de surfe a acontecer no Brasil após a pandemia do Covid-19, em novembro de 2021. Os primeiros campeões foram o paulista Eduardo Motta e a catarinense Laura Raupp, com apenas 15 anos de idade. A segunda edição já aconteceu no mês de abril, fechando a temporada 2021/2022 da WSL South America com vitórias do cearense Michael Rodrigues e da peruana Daniella Rosas. No ano passado, encerrou a temporada 2022/2023 e o catarinense Luan Wood conseguiu seu primeiro título em etapas do QS, com a cearense Silvana Lima aumentando para 6, o seu recorde no Brasil.

Floripa Film Fest agita Florianópolis durante o Lay Back Pro

Cartaz da estreia do Floripa Film Fest 2024, que vai acontecer de 7 a 9 de março no Hotel Selina da Praia Mole.

Além do show de surfe garantido dentro d´água, Bill Tassinari aponta o Floripa Film Fest como mais uma grande atração da Layback para os apaixonados pelo surfe: “A gente fechou o Hotel Selina todo, trazendo um Festival Internacional de Filmes de Surfe, o Floripa Film Fest, para acabar com um hiato gigante de muito tempo que não tem nada neste segmento no país. Queremos reviver os grandes momentos na produção e exibição de filmes de surfe, então pretendemos fazer um grande festival, que já nasce internacional, como o maior do Brasil”.

Floripa Film Fest é, realmente, um Festival Internacional de Filmes de Surfe, que vai estrear nos dias 7, 8 e 9 de março no Hotel Selina na Praia Mole, prometendo marcar época e ficar para sempre no calendário cultural da Ilha de Santa Catarina. Os curadores do Festival, Bruno Zanin e Eduardo Linhares, dizem estar realizando um sonho antigo. Os amigos e sócios no projeto, se conheceram em um festival de filmes de surfe já extinto, e decidiram recriar a atmosfera, como uma plataforma artística de encontros e trocas, para que a cultura surfe tenha cada vez mais criativos engajados na causa.

Bruno Zanin e Eduardo Linhares comandam as ações

CHASING THE UNICORN é um dos filmes internacionais que serão exibidos no Floripa Film Fest 2024

A dupla, Bruno Zanin e Eduardo Linhares, encontrou na Layback, a parceria ideal para colocar tudo de pé. A marca, que nasceu produzindo cervejas artesanais, hoje é, reconhecidamente, o maior vetor de fomento aos esportes, como surfe e skate no país, com mais de 20 pistas de skate espalhadas no Brasil e um time de atletas com mais de 20 nomes de peso, incluindo campeões mundiais e medalhistas olímpicos. O Floripa Film Fest nasce com três dias de exibição e terá o Hotel Selina inteiro à disposição, com feirinhas e festas acontecendo paralelamente, antes e depois dos filmes.

“O Festival surge para valorizar a experiência audiovisual nos dois lados, o de quem assiste e de quem produz”, destaca Eduardo Linhares, o Duda, como é mais conhecido. “Acreditamos que o surfe é bonito demais para ser visto em uma tela pequena. Para nós, surfe é arte, é coisa séria, coisa de cinema. Também acreditamos na arte do encontro, por mais que haja tantos desencontros pela vida. Produtores e público precisam se unir, trocar ideias, conversar, olhar nos olhos, surfar juntos. Nenhum feedback é melhor e mais instigante, do que uma plateia assistindo a sua produção e vibrando naquela virada especial com a trilha sonora. Nossa primeira edição está sendo feita com muito carinho e, acima de tudo, muita fé na arte”.

Festival Internacional de Filmes de Surf

Um dos destaques do Floripa Film Fest é o SOU DO MAR do renomado fotógrafo Bruno Lemos que mora no Havaí.

 O Floripa Film Fest é um Festival Internacional de Filmes de Surfe, criado para celebrar a cultura surfe, dando protagonismo às produções audiovisuais que eternizam histórias, valorizam personagens, criam heróis, instigam sonhos e proporcionam entretenimento de qualidade para a comunidade. O Floripa Film Fest conta com filmes produzidos nos quatro cantos do mundo, com uma mistura saudável de diretores consagrados no mundo do surfe e de jovens produtores que estão iniciando sua jornada. Estarão presentes nos dias da mostra, nomes de outros países como o australiano Dave Fox, o sul-africano Tao Farren, o espanhol Jon Aspuru, o francês Paul Lavoine, que se juntarão aos brasileiros Pepe CezarLoic WirthGiulia PanzettiHenrique PinguimAnna VeronicaDuda SaracuraAna Clara FelixBruno Zanin, entre outros. 

Ao todo, serão mais de 30 produções exibidas em um telão de mais de 6 metros, que será erguido no Hotel Selina da Praia Mole. A entrada neste cinema ao ar livre é gratuita, sendo só necessário cadastrar o nome e e-mail em uma lista do evento. São quase 20 horas de uma apresentação audiovisual sem precedentes na Ilha da Magia. Durante os três dias do Floripa Film Fest, acontecerão exposições fotográficas, feira de marcas locais, mostra artística e muita festa com shows da Banda Smoking Beatz. Na sexta-feira, 8 de março, acontece no Layback Basement no próprio Hotel Selina, a “Festa Oficial do Floripa Film Fest”, com o coletivo de Djs Bolachada Vinil assinando a curadoria sonora. Os ingressos para a festa já estão à venda.

Luan Wood e Silvana Lima venceram a terceira edição do Layback Pro em 2023. Foto: Marcio David/Layback.

A Prefeitura de Florianópolis apresenta o LayBack Pro na Praia Mole, uma realização da Swell Eventos e a Agência Esporte & Arte (AEA) licenciada pela World Surf League Latin America para promover uma etapa do QS 3000, com patrocínio da TVBShorts, Corona, Oakberry e Real Estruturas; apoio da Evoke, D´Vicz Sorvetes, MB Marketing e Eventos, Federação Catarinense de Surf (FECASURF) e Associação de Surf da Praia Mole (ASPM); parceria de mídia do site Waves.com.br e produção da FIRMA na transmissão ao vivo pelo WorldSurfLeague.com.

CAMPEÕES DO LAYBACK PRO NA PRAIA MOLE:
2023: Luan Wood (BRA-SC) e Silvana Lima (BRA-CE)
2022: Michael Rodrigues (BRA-CE) e Daniella Rosas (PER)
2021: Eduardo Motta (BRA-SP) e Laura Raupp (BRA-SC)

RANKINGS REGIONAIS DE 2023/2024 DA WSL SOUTH AMERICA:

TOP-10 DO RANKING MASCULINO – 10 etapas:
——-são computados os 4 melhores resultados
1.o: Ian Gouveia (BRA) – 6.550 pontos
2.o: Mateus Herdy (BRA) – 6.182
3.o: Cauã Costa (BRA) – 5.055
4.o: Rafael Teixeira (BRA) – 4.752
5.o: Edgard Groggia (BRA) – 4.445
6.o: Luel Felipe (BRA) – 4.395
7.o: Heitor Mueller (BRA) – 4.171
8.o: Lucas Vicente (BRA) – 3.942
9.o: Gabriel Klaussner (BRA) – 3.575
10.o: Mateus Sena (BRA) – 3.557

TOP-10 DO RANKING FEMININO – 10 etapas:
——-são computados os 5 melhores resultados
1.a: Tainá Hinckel (BRA) – 8.925 pontos
2.a: Sophia Medina (BRA) – 7.145
3.a: Laura Raupp (BRA) – 6.265
4.a: Isabelle Nalu (BRA) – 5.487
5.a: Vera Jarisz (ARG) – 5.322
6.a: Arena Rodriguez Vargas (PER) – 4.723
7.a: Melanie Giunta (PER) – 4.490
8.a: Naire Marquez (BRA) – 4.078
9.a: Karol Ribeiro (BRA) – 3.980
10.a: Kalea Gervasi (PER) – 3.871

Fonte: João Carvalho – WSL Latin America Media Manager

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *