11 de julho de 2024

Seletiva CBSurf definiu equipe que disputará o Mundial Master da ISA em El Salvador

0

A Prainha foi o palco para as disputas da seletiva da CBSurf que definiu as três vagas para a equipe brasileira que participará do mundial Master da ISA que acontecerá no mês de outubro em El Salvador

Jojó de Olivença (SP). Foto: @pablonz.

O tempo mudou e as ondas apareceram nessa terça-feira (25) para a sequência do Rio Surf Festival 2024 com as disputas da Seletiva CBSurf Master 2024. Com o mar em transformação, a chamada foi feita durante todo o período da manhã na praia da Macumba, onde está montada a estrutura principal do evento no Rio de Janeiro.

Apesar da reação do mar, as condições do swell ainda estavam desfavoráveis para as disputas da Seletiva CBSurf Master na Macumba, obrigando a direção de prova a transferir mais uma vez a competição para a Prainha, localizada cerca de 4 km do palco principal da prova.

A competição tem o patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Secretaria de Esporte e Lazer, e teve sua primeira parte concluída no último domingo (23), com a definição dos campeões das cinco categorias que fazem parte do Circuito CBSurf Master Tour 2024.

Três vagas em disputa nas Seletivas CBSurf Master 2024

Jojó de Olivença (SP). Foto: @pablonz.

O Mundial Master voltou ao calendário de eventos da ISA (International Surfing Association) nesta temporada após alguns anos sem acontecer, o que tornou ainda mais importante um bom resultado por parte dos atletas durante o Rio Surf Festival 2024.

Três categorias com faixas etárias distintas fizeram parte das Seletivas da CBSurf que classificaram a equipe que defenderá o Brasil na praia da Sunzal em El Salvador no mês de outubro: Seletiva 40-49 anos, 50-59 anos e 60+anos, onde apenas o campeão de cada categoria garantiu vaga para a competição.

A categoria 50-59 anos foi a primeira a entrar na água ainda no domingo após as finais do Rio Surf Festival, mas as condições adversas do mar obrigaram a organização a suspender a prova logo em seguida devido a falta de ondas.

Na ocasião o baiano Marcelo Alves, que já havia vencido a categoria Grand Kahuna (50+) desta terceira etapa do circuito, ficou em primeiro em sua bateria com o sergipano radicado em Florianópolis (SC) Silvério Jorge na segunda colocação, ambos garantidos na final.

Na retomada do evento nesta terça-feira na Prainha, a segunda semifinal foi pra água e teve a vitória do catarinense Armando Maciel JR., que lidera o ranking da categoria Legend (55+), seguido por Jojó de Olivença (SP) vencedor da etapa no ultimo domingo.

Seletiva CBSurf Master – Prainha – Rio Surf Festival 2024. Foto: @pablonz.

A disputa seguinte abriu a primeira fase da Seletiva CBSurf para a categoria 40-49 anos com três baterias. No primeiro confronto deste round dobradinha catarinense com a vitória de Jussemir Junior, deixando o líder do ranking da Master (35+) Diego Rosa em segundo.

Na sequencia Flávio Costa (RJ) e Wallace Sampaio (BA) dominaram o segundo confronto, tornando a disputa praticamente restrita entre os dois. Melhor para Flávio que marcou a melhor nota da bateria (7.0) para terminar em primeiro com o excelente somatório de 12.17 pts contra 10.24 de Wallace Sampaio. Não deu para Erick Petric (RJ) e Sidney Oliveira (SP), terceiro e quarto respectivamente.

A última disputa deste primeiro round da 40-49 anos teve a performance avassaladora de Júnior Rocha (RN), que marcou duas ondas excelentes em seu somatório. Logo em sua primeira participação ele fez 8.0 pts, e sacramentou a vitória na onda seguinte com 8.57 pts, para estabelecer o maior somatório do Rio Surf Festival 2024 com 16.57 pts. Em segundo ficou Klinger Peixoto (AL).

Diego Rosa (SC). Foto: @pablonz.

A final da 60+ anos foi pra água na sequência composta pelo catarinense Carlos Knoll “Gama” e os cariocas Rodolfo Lima e Márcio Fontenele, valendo a primeira vaga para a equipe brasileira no Mundial ISA. Gama começou melhor a disputa com um a nota 3.33 pts, mas na metade da bateria Rodolfo Lima assumiu a liderança com duas notas boas para as condições do dia (4.17 e 3.67).

A menos de 5 minutos do fim veio a onda salvadora para o catarinense, que não desperdiçou a chance e assumiu a liderança para não perder mais, fazendo 5.33 pts e carimbando a vaga para o mundial.

É um sonho de criança realizado em defender o Brasil em uma competição internacional. Alias, é o segundo sonho, pois o primeiro era chegar nessa idade em condições de estar na água surfando. Agora o foco é El Salvador, onda forte no Oceano Pacífico. Vamos lá representar da melhor forma possível, está tudo pronto, equipamento na mão, treino e a disposição de fazer um bom papel. Obrigado a todos os patrocinadores e apoiadores que acreditaram em mim” disse a lenda catarinense Carlos Gama visivelmente emocionado.

Semifinais 40-49 anos na água

Carlos Knoll “Gama” (SC). Foto: @pablonz.

As disputas seguiram com a primeira semifinal da categoria 40-49 anos. O catarinense Jussemir Júnior foi impecável durante todo o confronto, vencendo a bateria do início ao fim com o somatório de 11.10 pts. Em segundo ficou o baiano Wallace Sampaio com o potiguar Júnior Rocha, que não repetiu a grande atuação do round anterior, na terceira colocação.

Na segunda semifinal Flávio Costa (RJ) continuou com seu surf sólido e garantiu a vitória e a sua vaga na decisão marcando 11.70 pts no somatório, seguido pelo catarinense Diego Rosa na segunda posição. Klinger Peixoto (AL) surfou bem durante todo o confronto, mas não conseguiu a nota salvadora nos minutos finais da disputa.

Final categoria 50-59 anos

Diego Rosa (SC). Foto: @pablonz.

A penúltima bateria das Seletivas CBSurf Master 2024 foi a final da 50-59 anos, valendo mais uma vaga para o mundial de El Salvador. O catarinense Armando Maciel Jr., que já representou o Brasil em quatro edições do Mundial Master, largou na frente da disputa.

A partir da segunda metade da bateria Jojó de Olivença (SP) voltou pro jogo, quando surfou uma boa direita para marcar 5.33 pts e assumir a liderança. A vitória só foi confirmada após a última onda de Jojó, que sacramentou o resultado com a melhor nota da final (6.03 pts), e a vaga para o Mundial ISA.

Estou muito feliz com o resultado em poder representar novamente o Brasil em um evento internacional. Essa seletiva foi muito desafiadora, porque foi praticamente uma competição. Tive que ganhar a etapa, pois o critério mudou e teve que se adequar na última hora, e acabou rolando mais um campeonato valendo a vaga” disse Jojó.

A última final da Seletiva CBSurf Master foi disputada do início ao fim, com reviravoltas na metade da bateria. O baiano Wallace Sampaio começou melhor, surfando três ondas boas e largando na frente com 5.17 em sua primeira participação, e 5.23 na sequência.

A partir da segunda metade da disputa o catarinense Diego Rosa acordou e assumiu a liderança após marcar 6.73 numa boa esquerda, e emendar em sua onda seguinte 5.67 pts, deixando Wallace Sampaio precisando de 7.20 pts para vencer e ficar com a vaga.

Carlos Knoll “Gama”. Foto: @pablonz.

A onda salvadora não veio para o baiano, e a vitória e a vaga para o mundial ficou mesmo com Diego Rosa (SC), que vive grande fase nos eventos da categoria e lidera o ranking Master (35+) do Circuito CBSurf Master tour 2024.

Estou me sentindo muito honrado com esse resultado. Deus sabe o que faz. Dei uma reviravolta na minha vida nos últimos tempos e tenho treinado muito para atingir meus objetivos. Vamos para o mundial e agora os gringos vão se ver com a gente” declarou Diego Rosa extrapolando a emoção após sair do mar.

Ao término das emoções finais da Seletiva CBSurf Master, a organização vira a chave do evento para as disputas das categorias Longboard, SUP Surf e Surf Race que terá início nesta quarta-feira (26) na praia da Macumba, e distribuirá R$260.000,00 (duzentos e sessenta mil reais) em premiação, a maior da história para essas categorias. A praia da Macumba já apresenta boas ondas com a chegada do swell marcado nas previsões.

A primeira chamada para a segunda parte do Rio Surf Festival 2024 será feita às 06:30 h com possível início às 07:00h na praia da Macumba com as semifinais da categoria Longboard Sub-18 Feminino abrindo o dia de competição. O Rio Surf Festival conta com o patrocínio oficial do Governo do Estado do Rio de Janeiro na pessoa do governador Cláudio Castro e da Secretaria de Esporte e Lazer, que tem Rafael Picciani a frente da pasta, que não mediram esforços e acreditaram nesse projeto sério desenvolvido pela Confederação Brasileira de Surf (CBSurf).

Rio Surf Festival 2024 – Praia da Macumba – Rio de Janeiro

Realização: Confederação Brasileira de Surf – CBSurf e FESERJ (Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro).
Patrocínio: Governo do Estado do Rio de Janeiro e Secretaria de Esporte e Lazer
Apoio: Fu-Wax, Surfland Brasil, Recreio Surf Club, Efatá Estruturas e Jisk.

Resultados

Seletiva 40-49 anos
1º- Diego Rosa (SC)
2º- Wallace Sampaio (BA)
3º- Jussemir Júnior (SC)
4º- Flávio Costa (RJ)
*Classificado para o Mundial: Diego Rosa (SC)

Seletiva 50-59 anos
1º- Jojó de Olivença (SP)
2º-  Armando Maciel Jr.(SC)
3º- Silvério Jorge (SC)
4º- Marcelo Alves (BA)
*Classificado para o Mundial: Jojó de Olivença (SP)

Seletiva 60+ anos
1º- Carlos Knoll “Gama”(SC)
2º- Rodolfo Lima (RJ)
3º- Márcio Fontenelle (RJ)
4º- Jaime Farinha (SP)
*Classificado para o Mundial: Carlos Knoll (SC)

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *