19 de junho de 2024

Ações da WSL são as atrações do Vivo Rio Pro na quinta-feira em Saquarema

0

O Rising Tides rolou no Centro de Treinamento Leo Neves e a WSL One Ocean aconteceu na Lagoa de Saquarema. Na sexta-feira começa o prazo da etapa brasileira do CT, a primeira chamada do dia será as 7h00 na Praia de Itaúna

Rising Tides aconteceu em frente ao Centro de Treinamento Leo Neves em Itaúna. Foto: @WSL/Thiago Diz

A primeira chamada para a abertura do Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema, está marcada para as 7h00 da sexta-feira na Capital Nacional do Surf, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Na quinta-feira, duas ações da World Surf League foram as atrações da etapa brasileira do Championship Tour em Saquarema. O Rising Tides, com o encontro de uma nova geração do surfe feminino com estrelas da elite, foi realizado no Centro de Treinamento de Surf Léo Neves na Praia de Itaúna. E a WSL One Ocean aconteceu na Lagoa de Saquarema. 

 O Rising Tides é uma ação da WSL que busca promover o desenvolvimento do surfe feminino nos países por onde passa o Championship Tour. É uma oportunidade única para uma nova geração conhecer de perto algumas estrelas do esporte. A havaiana pentacampeã mundial e atual número 1 do mundo, Carissa Moore, a brasileira Tatiana Weston-Webb, a californiana Caroline Marks e a havaiana Gabriela Bryan, interagiram com cerca de 25 surfistas de até 16 anos de idade do Rio de Janeiro, São Paulo e vindas até do Sul do país. 

Tatiana Weston-Webb e Caroline Marks com algumas participantes em frente ao Centro de Treinamento de Surf Léo Neves construído pela Prefeitura Municipal de Saquarema na Praia de Itaúna. Foto @WSL Thiago Diz

“Eu quero agradecer a WSL, por fazer essa ação do Rising Tides”, disse Tatiana Weston-Webb“É incrível de ver a próxima geração vindo com essa animação toda de ser surfista, de surfar com a gente. Especialmente aqui no Brasil, é um prazer de fazer parte do Rising Tides todo ano. Eu acho que estava faltando um pouco de base pro surfe feminino aqui no Brasil e é superimportante também ter mais apoio de patrocinadores, para elas terem a grana suficiente para ir atrás dos sonhos delas”.

Rising Tides aconteceu em frente ao Centro de Treinamento de Surf Léo Neves, construído pela Prefeitura de Saquarema que homenageia o bicampeão brasileiro que já fez parte da elite mundial e é da cidade. Entre as 25 participantes, estavam duas jovens surfistas que já treinam utilizando a Metodologia de Alto Rendimento Oficial da WSL, Sofia Tinoco e Allany TuzeAllany tem 16 anos e mora na cidade desde pequena, mas a Sofia, 14 anos, é filha da ex-surfista profissional, Karina Barbosa, que se mudaram da capital carioca para Saquarema, para participar do projeto.

Participantes da ação WSL One Ocean na Lagoa de Saquarema. Foto @WSL Thiago Diz

“É muito gratificante essa oportunidade. Elas são bem legais, bem simpáticas, a Tati (Weston-Webb) dando total atenção ali pras meninas e estou muito feliz. Está sendo um dia muito especial e agora a gente vai pra água dar um surfezinho”, disse Allany Tuze, antes de correr pro mar. “É muito incrível ver pessoas que eu gosto bastante, as meninas que já estão no CT, é muito bom ver elas de perto. É uma sensação muito boa e estou amando estar aqui”, confessou Sofia Tinoco

WSL ONE OCEAN – Para o Vivo Rio Pro apresentado por Corona, o WSL One Ocean se uniu ao Surf Conservation Partnership, beneficiário da WSL PURE, uma colaboração entre a Conservation International e a Save The Waves Coalition, ao lado dos parceiros brasileiros, Instituto APRENDER Ecologia e Conservation International (CI-Brasil), para proteger as ondas, ecossistemas marinhos e costeiros insubstituíveis de Saquarema. Com financiamento da Corona, parceiros e surfistas do Championship Tour (CT) realizaram uma apresentação na Lagoa de Saquarema, com uma barreira de interceptação, plantio de vegetação nativa e limpeza da praia e do manguezal na lagoa.

Allany Tuze e Sofia Tinoco representaram o Centro de Treinamento de Surf Leo Neves. Foto @WSL Thiago Diz

Além da ativação, o CI-Brasil e APRENDER Ecologia estão construindo um Programa Brasileiro de Reservas de Surf, visando criar uma proteção mais abrangente das melhores ondas do Brasil e os incríveis ecossistemas que as cercam, como os manguezais, que apoiam a mitigação e adaptação às mudanças climáticas. Eles também trabalharam com 50 alunos de uma escola local, em uma ação educativa sobre a importância da lagoa e dos ecossistemas ao redor, para a preservação desse pico de surfe mundialmente conhecido.

WSL One Ocean é apoiado globalmente e regionalmente pela Corona, parceira de longa data da WSL que compartilha a mesma paixão de proteger a saúde dos nossos oceanos. As estrelas do Vivo Rio Pro apresentado por Corona que participaram da ação da WSL One Ocean na Lagoa de Saquarema foram os brasileiros Caio Ibelli e Yago Dora, o australiano Liam O´Brien, o sul-africano Matthew McGillivray e a francesa Johanne Defay, vice-campeã em Saquarema no ano passado.

BATERIAS DO VIVO RIO PRO EM SAQUAREMA:

PRIMEIRA FASE – 1.o=Oitavas de Final / 2.o e 3.o=Segunda Fase:
1.a: Ethan Ewing (AUS), Caio Ibelli (BRA), Rio Waida (IDN)
2.a: João Chianca (BRA), Matthew McGillivray (AFR), Seth Moniz (HAV)
3.a: Filipe Toledo (BRA), Callum Robson (AUS), Kelly Slater (EUA)
4.a: Griffin Colapinto (EUA), Liam O´Brien (AUS), Samuel Pupo (BRA)
5.a: Gabriel Medina (BRA), Yago Dora (BRA), Ian Gentil (HAV)
6.a: Jack Robinson (AUS), Ryan Callinan (AUS), Barron Mamiya (HAV)
7.a: John John Florence (HAV), Connor O´Leary (AUS), Jordy Smith (AFR)
8.a: Italo Ferreira (BRA), Leonardo Fioravanti (ITA), Kanoa Igarashi (JPN)

PRIMEIRA FASE – 1.a=Quartas de Final /  2.a e 3.a=Segunda Fase:
1.a: Molly Picklum (AUS), Stephanie Gilmore (AUS), Gabriela Bryan (HAV)
2.a: Carissa Moore (HAV), Lakey Peterson (EUA), Silvana Lima (BRA)
3.a: Tyler Wright (AUS), Caitlin Simmers (EUA), Johanne Defay (FRA)
4.a: Caroline Marks (EUA), Tatiana Weston-Webb (BRA), Bettylou Sakura Johnson (HAV)

RANKINGS DA WORLD SURF LEAGUE – 7 etapas:

TOP-10 DA CATEGORIA MASCULINA:
1.o: Griffin Colapinto (EUA) – 42.890 pontos
2.o: Filipe Toledo (BRA) – 41.660
3.o: João Chianca (BRA) – 36.320
4.o: Ethan Ewing (AUS) – 32.215
5.o: Gabriel Medina (BRA) – 28.025
6.o: Jack Robinson (AUS) – 27.875
7.o: John John Florence (HAV) – 24.885
8.o: Italo Ferreira (BRA) – 23.835
8.o: Leonardo Fioravanti (ITA) – 23.835
10.o: Connor O´Leary (AUS) – 23.630
——-outros brasileiros:
12.o: Yago Dora (BRA) – 22.120 pontos
13.o: Caio Ibelli (SP) – 20.130

TOP-10 DA CATEGORIA FEMININA:
1.a: Carissa Moore (HAV) – 45.575 pontos
2.a: Tyler Wright (AUS) – 42.095
3.a: Caroline Marks (EUA) – 39.040
4.a: Molly Picklum (AUS) – 36.780
5.a: Stephanie Gilmore (AUS) – 29.015
5.a: Tatiana Weston-Webb (BRA) – 29.015
7.a: Caitlin Simmers (EUA) – 28.660
8.a: Lakey Peterson (EUA) – 23.405
8.a: Gabriela Bryan (HAV) – 23.405
8.a: Bettylou Sakura Johnson (HAV) – 23.405

Fonte: João Carvalho – WSL Latin America Media Manager

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *