2 de março de 2024

Brasil leva o Ouro e o Bonze em Miyazaki (Japão)

0

Ìtalo Ferreira trazendo a Medalha de Ouro para o Brasil. Foto: Sean Evans/ ISA

Ítalo Ferreira conquista o Ouro e Medina o Bronze para o Brasil nos Jogos Mundiais de Surf. Kolohe fica com a Prata e o japonês Shun Murakami o Cobre

A prévia para a participação do surf nos Jogos Olímpicos do Japão em 2020, já pode ser dada como aprovada. O ISA World Games 2019, terminou na madrugada deste domingo (15), em Miyazaki, no Japão, em ondas de 1 metro em média, oriundas de um potente swell que entrou nos últimos dois dias de evento.

O ISA World Games 2019 é a competição oficial do surf junto ao Comitê Olímpico Internacional (COI) organizada e promovida pela International Surfing Association (ISA), e que definirá parte dos surfistas representantes de seus países a disputarem o Jogos Olímpicos do Japão, em 2020. A equipe brasileira, representada pela Confederação Brasileira de Surf (CBS) foi composta pelos surfistas Gabriel Medina, Filipe Toledo, Ítalo Ferreira, Silvana Lima, Tatiana Weston Web e a catarinense Tainá Hinckel.

Ainda durante a semana, a brasileira Silvana Lima conquistou a Medalha de Prata do ISA World Games 2019 no Feminino, enquanto Tatiana Weston Web terminou na quinta colocação. Uma participação de gala da Seleção Canarinho no Japão, trazendo medalhas e principalmente, o título de Campeã por equipes, fato que não ocorria há alguns anos. Um retorno triunfal!!!

Do atraso a vitória: Ítalo é Outo e nota 10 na grande final 

Medina chegando forte para as Olimpíadas do Japão em 2020. Foto: Sean Evans/ISA

O brasileiro Ítalo Ferreira chegou atrasado ao evento – por ter tido seus documentos roubados na Califórinia (EUA), inclusive seu passaporte – surfou a sua primeira bateria entrando aos 9 minutos para termina-la, vencendo, chegou a final dos Jogos Mundiais de Surf, vindo da repescagem para assombrar o evento com a única nota 10 da competição na grande final do evento.

Faltando 15 minutos para acabar a bateria, Ítalo já possuía uma pontuação significativa (17,77) que o manteve com o Ouro Olímpico até o final. Gabriel Medina mantinha ao final da bateria a Medalha de Prata, mas o norte americano, Kolohe Andino conseguiu fazer um aéreo enorme também, e com um 9,43 pontos, ficou com a Prata e Medina com o Bronze em Miyazaki, no Japão. Shun Murakami foi a grande sensação japonesa na competição, chegando a finalíssima e enfrentando três dos melhores surfistas do planeta. vindo desde a repescagem 03 do evento. 

Fernando Aguerre (ISA): Mais de 20 anos até chegarmos aqui

Fernando Aguerre, Presidente da ISA. Foto: Pablo Jimenez/ISA

Todos os parabéns para o Presidente da ISA, Fernando Aguerre, por sua determinação e dedicação nos últimos 20 anos ou mais, para transformar o sonho olímpico do surf nas Olimpíadas uma realidade. No Japão em 2020, o surf agora já é uma realidade. E a Confederação Brasileira de Surf (CBS), que levou a Seleção Brasileira a mais este grande evento mundial, tornando uma realidade o sonho de medalhas para o Brasil em Tóquio em 2020.

Cerimonia de premiação para entrega do Ouro para a Seleção Brasileira e Hino Nacional do Brasil


Como ficou a classificação no ISA World Games 2019

Resultados Ranking países
Ouro – Brasil 4060
Prata – EUA 3415
Bronze – Japão 2680
Cobre – Peru 2610
5 – África do Sul 2485
6 – Austrália 2261
7 – Nova Zelândia 2198
8 – Costa Rica 2147
9 – Espanha 2108
10 – Canadá 2083

Open Men:
Ouro – Italo Ferreira (Brasil)
Prata – Kolohe Andino (EUA)
Bronze – Gabriel Medina (BRA)
Cobre – Shun Murakami (JPN)

Aberto das Mulheres (terminou 10 de setembro ):
Ouro – Sofia Mulanovich (Peru)
Prata – Silvana Lima (Brasil)
Bronze – Bianca Buitendag (Africa do Sul)
Cobre – Carissa Moore (Estados Unidos)

Qualificação provisória de Tóquio 2020:*
Homens:
Shun Murakami (Japão)
Ramzi Boukhiam (Marrocos)
Billy Stairmand (Nova Zelândia)
Frederico Morais (Portugal)

Mulheres:
Shino Matsuda (Japão)
Anat Lelior (Israel)
Bianca Buitendag (África do Sul)
Ella Williams (Nova Zelândia)

* Mais Lucca Mesinas e Daniela Rosas do Peru, pelos títulos no Pan Lima 2019.

Fotos: Ben Reed e Pablo Jimenes/ISA

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *