19 de junho de 2024

Fecasurf parte em busca do tri consecutivo

0

Equipe Catarinense de surf embarca para Paraíba em busca do Heptacampeonato. Seleção esta empatada com equipe paulista na liderança do CBSurf Júnior Tour 2019. Paranaense próximo da vaga para o ISA World Júnior na Califórnia

Fecasurf embarca em busca do Tri campeonato consecutivo. Foto: Fecasurf.

O time catarinense capitaneado pela Federação Catarinense de Surf (Fecasurf), se prepara para o ultima etapa do Brasileiro Amador por equipes, o CBSurf Júnior Tour 2019, organizado pela Confederação Brasileira de Surf (CBS), na Praia do Macaco, em Cabedelo (PB), nos  dias 28 e 29 de setembro 2019.

Empatados com a equipe de São Paulo o time quer trazer o ‘caneco’ mais uma vez para Santa Catarina, assim conquistando pelo terceiro ano consecutivo o titulo de Campeão Brasileiro nas categorias de base do surf nacional.

Além disso, esta última etapa irá definir o time brasileiro que disputará os Jogos Mundiais de Surf Júnior, ou ISA World Júnior, na Califórnia, entre 26 de outubro e 03 de novembro. Os três primeiros da CBSurf na Sub 16 e Sub 18 Masculino e Feminino vão à Califórnia, nos Estados Unidos, disputar com despesas viabilizadas pela Confederação Brasileira de Surf (CBS).

Destaques catarinenses e principais adversários

Heitor Muller durante sua participação em casa, na Prainha, em São Francisco do Sul, onde foi o principal destaque durante do CBSurf Júnior Tour. Foto: Márcio David.

O time ‘Barriga Verde’, que vai disputar a 3ª etapa do CBSurf Júnior Tour, na Paraíba, vais contar com força máxima, e alguns dos melhores atletas de Santa Catarina e do Brasil, como Heitor Mueller e Tainá Hinckel, atuais campeões brasileiros e da ultima etapa realizada em São Francisco do Sul (SC).

Júlia Duarte é o Rio de Janeiro, e está no topo do ranking da categoria Sub 18 feminina com 1.730 pontos, Majú Freitas, também fluminense, está logo atrás, com 1.720, enquanto a paulista Sophia Medina, terceira com 1230, hoje não usaria a vaga por estar garantindo ida ao Mundial no trio Sub 16, o que se confirmando em Cabedelo (PB), acirra a luta pela vaga número três da Júnior, especialmente entre a catarinense Pamela Mel e a dupla paulista Sophia Gonçalves e Naire Marquez (SP).

Na Sub 16 delas, a dobradinha paulista na ponta com Isabela Saldanha tendo 1860 pontos e a prima Sophia Medina 1590, enquanto a terceira vaga está com Mariana Areno, do Rio de Janeiro, que se machucou antes da final Sub 16, em Santa Catarina, e mesmo assim, tem 1400 pontos e boa margem em relação as que correm mais atrás.

Leo Casal, líder com dois vices, e Heitor Muller em 2º lideram para SC

Leo Casal, líder e, praticamente, garantido na Califórnia. Foto: Munir El Hage.

O catarinense Leo Casal subiu  à liderança Sub18 acumulando 1.720 pontos com dois vices, enquanto seu conterrâneo Heitor Mueller saiu de quarto para  segundo lugar com 1.670 pontos, sendo o potiguar e ex-líder, Lucas VIcente Silva, em terceiro com 1360 pontos, tendo o baiano Diogo Santos bem próximo com 1340 pontos,  colocação que o garante, provisoriamente, na Califórnia, já que Leo Casal figura hoje no trio da Sub 16 que está garantindo vestir o uniforme verde amarelo em Huntington Beach.

O paulista Caio Costa lidera a Sub 16 com 1.610 pontos, o paranaense Kainan Meira se manteve segundo tendo agora 1.530 pontos, seguido do  catarinense que largara na frente Leo Casal que após duas totaliza 1.500 pontos.

Na Sub 14 Ryan Kaynalo venceu a abertura na Bahia, vindo de seu estado, São Paulo, e garantiu nova conquista indo a Santa Catarina direto da Indonésia, o que lhe deixou com folga na busca de confirmar o título Iniciante que em 2016 foi de Yuri Barros, representante da anfitriã Cabedelo, e que aparece entre ranqueados na Sub 16, na qual já fez final precoce em temporada passada do CBSurf Junior Tour.

Paranaense próximo da vaga para o ISA World Júnior na Califórnia

Kainan Meiral duranto o CBSurf Júnior na Prainha em São Chico (SC). Foto: Márcio David.

O paranaense Kainan Meira, segue para a Paraíba na segunda posição do ranking Sub16, e pode ser o único atleta do seu estado a conseguir uma vaga no Mundial Júnior da ISA, na Califórnia, no final de setembro. Com um 2º e um 4º lugar, Kainan busca um bom resultado e já mostrou que tem grande possibilidade de conseguir a vaga, mesmo tendo três catarinenses no seu encalço.

CBS alerta: Atletas com chances, documento preparados para ir a Califórnia

Reforçamos que  todos com chances agilizem os documentos necessários conforme há muito já advertido.” informou o dirigente Adalvo Argolo, que recentemente desembarcou do Japão com o primeiro troféu de campeão do Brasil entre seleções absolutas (Sem limite de idade) de surfe nesse milênio, se somando a outro que o Brasil obteve em casa há 19 anos, quando então a Sub 18 era uma de muitas outras categorias inseridas, mas apenas no masculino, o que mudou em 2003, ano em que o Brasil contou na seleção com o campeão mundial 2015 Adriano de Souza.

Sub 18 Masculino
1º Leo Casal (SC) 1720 pontos
2º Heitor Mueller (SC) 1670

3º Lucas Vicente (RN) 1360
4º Diogo Santos (BA) 1340
5º Pedro Bianchini (SP) 1043

Sub 18 Feminino
1ª Júlia Duarte (RJ) 1730 pontos
2ª Majú Freitas (RJ) 1720
3ª Sophia Medina (SP) 1230
4ª Pamela Mel (SC) 1220
5ª Sophia Gonçalves (SP) 1170
5ª Naire Marquez (SP) 1170

Sub 16 Masculino
1º Caio Costa (SP) 1610 pontos
2º Kainan Meira (PR) 1530
3º Leo Casal (SC) 1500
4º Luiz Mendes (SC) 1460
5º Heitor Mueller (SC) 1250

Sub 16 Feminino
1ª Isabela Saldanha (SP) 1860 pontos
2ª Sophia Medina (SP) 1590
3ª Mariana Areno (RJ) 1400
4ª Naire Marquez (SP) 1165
5ª Kemily Sampaio (SP) 1120

Campeonato de Iniciantes Sub 14
1º Ryan Kainalo (SP) 2000 pontos
2º Yuri Barros (PB) 1415
3º Guilherme Fernandes (SP) 1400
4º Antonio Vitorino (SC) 1165
5º Rayan Fadul (BA) 1158

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *