3 de março de 2024

Frederico Morais vence o Azores Airlines Pro

0

Em condições inacreditáveis, com ondas enormes e tubos profundos.
o QS6000 de Açores termina com vitória portuguesa. Miguel Pupo termina em 3º na semifinal

Frederico Morais e Mitch Crews. Foto: Laurrent Masurel/WSL

Morais deslizou sob a borda de uma pequena direita limpa e perfeita para dar o pontapé inicial na Final, levantou-se alto e saiu limpo por 6,17 para entrar no ritmo. Enquanto Mitch Crews pegou algumas fechando, o português continuou em uma segunda onda com um tubo mais profundo e mais pesado e uma reentrada para lançar um excelente 8,50 e assumir uma liderança firme.

Este problema manteve Crews ocupado, pois na próxima onda o australiano perdeu um tempo precioso nadando para trocar de equipamento. Quando ele voltou, 17 minutos já haviam se passado e ele ainda não tinha marcado uma boa nota. Enquanto isso, Morais continuou a encontrar as boas ondas e aumentou sua liderança com 7,43, para selar de vez sua segunda vitória no QS nesta temporada.

Acho que hoje foi um dos melhores dias que já vimos no QS“, disse ele. “Foi apenas um dia perfeito, com grandes barris e muitas oportunidades para todos. É um sonho ter condições como essa no dia da final, seu resultado não depende tanto da sorte, mas do seu surf e tomada de decisões, isso é disso que se trata o surf “.

Morais tinha sido bastante discreto nas primeiras rodadas, mas ficou em concentrado no dia da final, enquanto continuava encontrando tubos profundos e grandes seções para determinar seu ritmo. Os 6.000 pontos conquistados hoje o levarão ao 10º lugar na Qualifying Series, em outro grande evento na Ericeira na próxima semana.

Esses são os pontos que procuramos e subir no ranking coloca-me em um bom lugar para a re-qualificação, especialmente agora antes da Ericeira“, acrescentou. “Vou aproveitar esse momento, mas não por muito tempo, já que terça-feira estamos de volta à programação”.

Miguel Pupo fica em 3º enquanto Luel Felipe em 7º

O brasileiro Samuel Pupo chegou até as semifinais em Azores, onde perdeu para o Vice campeão, o australiano Mitch Crews. Já Luel Felipe, deixou o evento ainda nas quartas de final, onde perdeu para o próprio Miguel Pupo, finalizando na 7ª colocação no evento.

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *