3 de março de 2024

Ondas perfeitas e pressão aguardam o Corona Open J-Bay

0

Rostos novos e familiares ocupam os cinco primeiros lugares no J-Bay

O Corona Open J-Bay, parada nº 9 no World Surf League (WSL) 2023 Championship Tour (CT), será sobre ondas perfeitas e a pressão de garantir uma vaga na Final 5 da WSL. O evento tem uma janela de competição de quinta-feira, 13 de julho, a sábado, 22 de julho de 2023.

O tempo está se esgotando para os competidores subirem no ranking, já que restam apenas dois eventos antes das Finais do Rip Curl WSL. Uma mudança de guarda é evidente no ranking, já que novos nomes estão ocupando os 5 primeiros lugares. A onda longa e rápida de Jeffreys Bay será um teste de resistência e desempenho e pode agitar o ranking mais uma vez.

Rostos novos e familiares ocupam os cinco primeiros lugares no J-Bay

João Chianca. Foto: Aaron Hughes/WSL

Indo para J-Bay, os atuais Top 5 homens e mulheres consistem em rostos novos e familiares. O atual campeão mundial e atual nº 1 Filipe Toledo (BRA) e o atual vencedor do evento Ethan Ewing (AUS) chegaram à Final 5 no ano passado e estão perto de fazê-lo novamente. Depois de sua primeira vitória em um evento de CT no Brasil, Yago Dora (BRA) subiu até o 5º lugar no ranking e agora está na disputa pelo título mundial. João Chianca (BRA) vem tendo um ano marcante e atualmente ocupa a 4ª posição. Este será seu primeiro evento de CT em J-Bay.

Depois de fazer três aparições consecutivas em finais, Griffin Colapinto (EUA) teve uma derrota no início da rodada no Brasil que o colocou em segundo lugar no ranking. Faltando dois eventos para as finais do Rip Curl WSL, ele está próximo de garantir uma vaga no WSL Final 5 pela primeira vez. Colapinto enfrentará primeiro Liam O’Brien (AUS) e o 11 vezes campeão mundial Kelly Slater (EUA) na bateria 3 da rodada de abertura masculina.

Sinto que meu surf combina muito bem com J-Bay, então estou super empolgado“, disse Colapinto. “Eu cresci em quebras de ponto com a mão direita. Então, por surfar muitas ondas semelhantes, sinto que J-Bay é um dos meus pontos fortes. Estou apenas aproveitando todos os momentos e espero me sair bem.

Caitilin Simmers: “Quero fazer alguns high lines e aproveitar

Caitlin Simmers usou a potência do seu backside para vencer o Saquarema Rio Pro. Foto: @WSL/Daniel Smorigo

Cinco vezes campeã mundial e atual número 1, Carissa Moore (HAW) é a única mulher no atual Top 5 que participou das finais do Rip Curl WSL. O bicampeão mundial Tyler Wright (AUS) está logo atrás dela em segundo lugar. Esta é a primeira vez que Wright está na disputa pelo título mundial nos últimos cinco anos. As estrelas em ascensão Caroline Marks (EUA), Molly Picklum (AUS) e Caitlin Simmers (EUA) ocupam o 3º, 4º e 5º lugar no ranking, respectivamente.

No início da temporada, o objetivo de Simmer era fazer o corte no meio da temporada. Ela está agora no Top 5 depois de vencer seu segundo evento de CT da temporada no Brasil e pode ter uma chance de um título mundial. Este será seu primeiro evento de CT em J-Bay. Ela fará sua estreia na primeira bateria da rodada de abertura feminina ao lado de Picklum e Gabriela Bryan (HAW).

É bom estar no Top 5 e ter um pouco mais de confiança para este evento, eu meio que precisava disso“, disse Simmers. “É muito difícil nunca estar em casa, mas é gratificante quando você se sai bem. Eu só quero fazer alguns high-lines e aproveitar. Já vi muitas ondas boas lá, o lugar parece super insano. Espero que possamos pegar boas ondas. Estou ansiosa por isso.”

Baterias do Corona Open J-Bay 2023

Corona Open J-Bay Women’s Open Round Matchups:
Bateria 1: Molly Picklum (AUS) vs. Caitlin Simmers (EUA) vs. Gabriela Bryan (HAW)
Bateria 2: Carissa Moore (HAW) vs. Lakey Peterson (EUA) vs. Sarah Baum (RSA)
Bateria 3: Tyler Wright (AUS) x Tatiana Weston-Webb (BRA) x Johanne Defay (FRA)
Bateria 4: Caroline Marks (EUA) x Stephanie Gilmore (AUS) x Bettylou Sakura Johnson (HAW) )

Corona Open J-Bay Men’s Open Round Matchups:
Bateria 1: João Chianca (BRA) x Barron Mamiya (HAW) x Seth Moniz (HAW)
Bateria 2: Ethan Ewing (AUS) x Caio Ibelli (BRA) x Rio Waida (INA)
Bateria 3: Griffin Colapinto (EUA) vs. Liam O’Brien (AUS) vs. Kelly Slater (EUA)
Bateria 4: Filipe Toledo (BRA) vs. Kanoa Igarashi (JPN) vs. Adin Masencamp (RSA)
Bateria 5: Yago Dora (BRA) vs. Connor O’Leary (AUS) vs. Ian Gentil (HAW)
Bateria 6: John John Florence (HAW) vs. Italo Ferreira (BRA) vs. Callum Robson (AUS)
Bateria 7: Gabriel Medina (BRA) vs. Ryan Callinan (AUS) vs. Matthew McGillivray (RSA)
Bateria 8: Jack Robinson (AUS) vs. Leonardo Fioravanti (ITA) vs. Jordy Smith (RSA

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *