14 de junho de 2024

Interassociações: ASJ conquista título em casa

0

Joaquina conquista o Hexacampeonato, Garopaba finaliza em 3ª e ASI na 6ª colocação por equipes. Destaques individuais Imbituba chega a três finais, assim como Garopaba, com três vices.

ASJ Joaquina campeã. Foto Basilio Ruy

A edição 2019 do Silverbay apresenta Santa Catarina Interassociações entrou para a história do surf catarinense, reunindo 176 competidores divididos em 16 equipes na praia da Joaquina neste último final de semana.

Esta é a maior competição do país na modalidade (e quem sabe do mundo), reunindo as principais associações de surf filiadas a Federação Catarinense de Surf (Fecasurf), disputando o título de melhor equipe do Estado. As disputas seguem o formato “fast heat”, com as baterias tendo a duração de 10 minutos, onde os competidores podem surfar no máximo três ondas, sendo computadas as duas melhores notas de cada.

Evento diferenciado: ASJ e AIS terminam empatadas no sábado

Diego Rosa, campeão Master pela ASJ. Foto: Basilio Ruy

A dinâmica do evento é diferenciada em relação aos campeonatos convencionais, e exalta o espírito de equipe e união entre os participantes. “Gostaria de agradecer a parceria com Fecasurf e ASJ por esse show na Joaquina. Vamos manter esse trabalho sério para que em 2020 essa confraternização aconteça novamente em Floripa”, declarou Ed Pereira, da Secretaria de Esporte, Cultura e Juventude de Florianópolis (SC).

Foram dois dias de disputas intensas na praia da Joaquina. O sábado foi marcado pelo forte vento sul, que obrigou a direção de prova a paralisar o evento no meio da tarde. Ao término deste dia, duas equipes terminaram empatadas na pontuação geral: ASJ Joaquina e AIS Itapoá, seguidos de perto pela ASBC Balneário Camboriú, maior vencedora na história da competição com 11 títulos.

O vento diminuiu e as condições do mar se ajeitaram para o domingo decisivo no Interassociações 2019, com as ondas chegando a 1,5 metro na série. A ASJ competiu em casa e defendia o título conquistado em 2018 na praia de Mariscal, em Bombinhas(SC). “Esse campeonato é sensacional, e acima de qualquer disputa, é uma grande confraternização do surf catarinense. Estão todos de parabéns”, declarou Reiginaldo Ferreira, presidente da Fecasurf, que chega ao final do seu mandato a frente da entidade.

Domingo de decisão na Joaca

Kayki Araújo, campeão Mirim pela ASPM Praia Mole. Foto: Basilio Ruy

No total foram nove categorias disputadas, valendo pontos para as equipes, além dos quesitos de organização (uniforme, bandeiras, barracas e times completos). Vale destacar que pela primeira vez na história da competição, todas as associações se apresentaram completas em sua formação.

A equipe de Itapoá (AIS) foi penalizada com a perda de 10 pontos numa questão disciplinar, o que lhe custou a liderança na pontuação geral. Melhor para a ASJ, que se isolou na ponta e administrou os resultados até a vitória. Na primeira final do dia, Gabriel Ogasahara tratou de manter o ritmo forte da ASJ Joaquina, e venceu sua divisão, dando mais tranquilidade a equipe anfitriã. Na Mirim foi a vez da ASPM Praia Mole vencer com o atleta Kayki Araújo.

Numa final digna entre surfistas profissionais, Diego Rosa cravou a segunda vitória do dia para a Joaquina, deixando Márcio Farney (ASPM-Mole) em segundo. Os atletas do Longboard foram para água na sequencia, com Josimar Pita conquistando o único título para Balneário Camboriú (ASBC), virando o resultado no final em cima de Otomar Ribeiro, de Garopaba(ASG).

A única vitória da ASC Campeche veio na categoria Feminina, com a jovem surfista Laura Raupp. Entre a garotada da Infantil, Anuar Chiah defendeu a bandeira da AIS Itapoá, cidade que faz divisa com o Paraná , e ficou com a primeira posição.

Surf Adaptado entre as novidades. Barra da Lagoa de volta ao Interassociações

O surf Adaptado também esteve presente nesta edição do Santa Catarina Interassociações, com todas as 16 equipes sendo representadas nesta categoria. “Isso mostra a força que estamos ganhando dentro do esporte. Já podemos pensar na criação de um circuito catarinense exclusivo para o surf adaptado”, declarou Fidel Lopes, representante da ASC Campeche, terceiro colocado na prova. O campeão foi Jonathan Borba, da ASPI (Praias de Itajaí).

Outra equipe que voltou ao Interassociações, após um longo tempo ausente, foi a ASBL (Barra da Lagoa), que levou o título na categoria Junior, com Felipe Alves. Fechando as disputas deste evento memorável do surf catarinense, a categoria Open foi a cereja do bolo neste domingo de decisões.

Cristiam Silva arrematou a segunda vitória para a praia Mole, deixando Yuri Gonçalves (ASG- Garopaba) em segundo, Wallace Vasco (ASJ-Joaquina) em terceiro, e Alcides Lopes Neto (ASP-Prainha SFS) em quarto. Alcides não participou da decisão devido a uma contusão no tornozelo durante as semifinais.

ASJ faz a festa em casa

As Campeãs: Pódio com as equipes campeãs ASG Garopaba 3º ASPM Praia Mole 2º e ASJ Joaquina 1º Foto: Basilio Ruy

Com todas as categorias definidas, foi a vez das equipes fazerem a festa dessa edição histórica do Santa Catarina Interassociações em Florianópolis. As três primeiras colocadas receberam premiação em dinheiro: a campeã ASJ(Joaquina) embolsou R$2.000,00 reais pelo título, com a ASPM (Praia Mole) em segundo, faturando R$1.200,00 e terceira colocada ASG (Garopaba) embolsando R$800,00.

Para o presidente da ASJ e promotor do evento Cristiano Melo, a edição 2019 do Silverbay apresenta Santa Catarina Interassociações ficará marcada na história da competição. “Foi um final de semana incrível. Essa é a finalidade do Interassociações, unir o surf catarinense e mostrar sua força. Esperamos que no ano que vem seja ainda melhor, e com mais equipes participando dessa grande festa”, encerrou Melo.

ASI termina e 6º por equipes e garante três finais

Carlos Henrique (ASI). Foto: Paulo Costa.

A equipe da Associação de Surf Imbitubense terminou o Interassociações deste ano da 6ª colocação. Destaques para as três finais conquistadas no evento. Na Júnior, Carlos Henrique terminou na 4ª posição. Na Máster, Riomar Rodrigues também terminou em 4º. Também na 4ª posição na final do Longboard, Márcio Vilela.

Garopaba finaliza em 3º e chega perto da vitória em três finais

A seleção Garopabense de Surf (ASG) terminou o Interassociações deste ano na 3ª colocação por equipes. Tanto na final Open, quanto na Mirim e na Longboard, os surfistas Yuri Gonçálves, Gabriel Júnior e Otomar Ribeiro, respectivamente, por pouco não venceram suas finais, terminando na 2ª colocação.

Silverbay apresenta Santa Catarina Interassociaçoes 2019
Patrocínio: Prefeitura Municipal de Florianópolis e Secretaria de Esporte, Cultura,  e Juventude e Fico.

Apoio: Cabrera Náutica, Cris Hotel, Restaurante Atoa na Joa e Pedra Careca.
Divulgação: Waves, Rádio Jovem Pan Florianópolis e Prime.Press07 Assessoria & Comunicação.
Realização: ASJ (Associação de Surf da Joaquina)
Supervisão Técnica: Fecasurf.

Resultados por categorias
Open
1º – Cristiam Silva (ASPM – Mole)
2º – Yuri Gonçalves (ASG- Garopaba)
3º – Wallace Vasco (ASJ- Joaquina)
4º – Alcides Lopes ( ASP – Prainha-SFS)

Junior
1º – Felipe Alves (ASBL – Barra da Lagoa)
2º – Léo Casal     (ASJ- Joaquina)
3º – Walley Guimarães (ASPI- Itajaí)
4º – Carlos Henrique ( ASI – Imbituba)

Iniciantes
1º – Gabriel Ogasahara (ASJ – Joaquina)
2º – Luan Moreno (ASC- Campeche)
3º – Noah Machado (ASBC- Baln. Camboriú)
4º – Henrique Venceslau (ASPM – Praia Mole)

Mirim
1º – Kayki Araújo (ASPM – Mole)
2º – Gabriel Junior (ASG- Garopaba)
3º – Murilo Brandt (ASPI- Itajaí)
4º – João Vitor Guimarães ( ASC – Campeche)

Master
1º – Diego Rosa (ASJ – Joaquina)
2º – Márcio Farney (ASPM- Praia Mole)
3º – Jussemir Junior (ASC- Campeche)
4º – Riomar Rodrigues ( ASI – Imbituba)

Longboard
1º – Josimar Pita (ASBC – Baln. Camboriú)
2º – Otomar Ribeiro (ASG- Garopaba)
3º – Felipe Botelho (ASPM- Mole)
4º – Márcio Vilela ( ASI – Imbituba)

Feminino
1º – Laura Raupp (ASC – Campeche)
2º – Susa Leal (ASP- Prainha SFS)
3º – Isabelle Nalu (ASM- Matadeiro)
4º – Pamela Mel (ASPI – Itajaí)

Infantil
1º – Anuar Chiah (AIS – Itapoá)
2º – Antonio Vitorino (ASBC- Baln. Camboriú)
3º – Davi Glazer (ASJ- Joaquina)
4º – Ryan Martins ( ASIS – Ingleses e Santinho)

Surf Adaptado
1º – Jonathan Borba (ASPI – Itajaí)
2º – Luciano Nem (ASJ- Joaquina)
3º – Fidel Lopes (ASC- Campeche)
4º – Julio Tomasi (ASPB– Praia Brava)

Resultado final por equipes:

1º- ASJ (Joaquina)                    133 pts.
2º- ASPM (Mole)                         107 pts.
3º- ASG (Garopaba)                    104 pts.
*4º- ASC (Campeche)                  104 pts
5º- ASBC (Balneário Camboriú)   95 pts
6º- ASI (Imbituba)                         94 pts.
7º- ASP (Prainha- SFS)                93 pts.
8º- ASPI (Praias de Itajaí)             88 pts
9º- AIS (Itapoá)                             87 pts
10º- ASM (Matadeiro)                    83 pts
11º- ASBL (Barra da Lagoa)          81 pts.
12º- ASIS (Ingleses e Santinho)        71 pts.
       ASPB (Praia Brava)                 71 pts
14° ASF (Ferrugem)                       67 pts.
15º- ABS (Bombinhas)                   64 pts.
16º- ASMP (Morro das Pedras)       58 pts.

  • Pelo critério de desempate do resultado referente ao ano anterior no posicionamento pelo ranking final, Garopaba superou Campeche, e terminou em terceiro lugar na pontuação geral.

Fonte: Prime.Press07
Fotos sem legenda: Paulo Costa

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *