12 de julho de 2024

Campeões da terceira etapa do Circuito CBSurf Master Tour definidos no Rio Surf Festival 2024

0

O domingo foi de decisões na terceira etapa do Circuito CBSurf Master Tour 2024 realizada na praia da Macumba, Rio de Janeiro. O Rio Surf Festival 2024 segue nessa segunda-feira (24), com as disputas pendentes para a seletiva do mundial Master da ISA que acontecerá no mês de outubro em El Salvador

Jojó de Olivença (SP). Foto: @pablonz.

O domingo decisivo da primeira parte do Rio Surf Festival 2024 amanheceu com ondas pequenas e formação regular, quebrando o suficiente para a direção de prova confirmar a chamada oficial da etapa na praia da Macumba, onde está montada a estrutura principal do evento no Rio de Janeiro.

A competição que tem o patrocínio do Governo do Estado do Rio de Janeiro e da Secretaria de Esporte e Lazer teve início na última terça-feira, com a presença de 180 atletas de 11 estados da federação reunidos na zona oeste carioca atrás da excelente premiação de R$100.000,00 (cem mil reais) – a maior da história destinada às estas categorias.

Guilherme Herdy (RJ). Foto: @pablonz.

Os dois primeiros dias do Rio Surf Festival foram realizados na praia da Macumba, com o evento sendo transferido para a Prainha na quinta e sexta-feira devido à falta de ondas em frente à estrutura principal da prova.

A falta de um swell consistente no sábado obrigou a direção de prova a decretar “dia off” sem competição na Macumba. No domingo decisivo as ondas reagiram um pouco para a definição dos vencedores das cinco categorias do Master disputadas no Rio Surf Festival 2024.

Quartas-de-final Grand Master (40+) abrem o último dia na Macumba

Angelino Santos (RJ). Foto: @pablonz.

Após a reunião entre o staff técnico e os atletas, as baterias das quartas-de-final da Grand Master foram pra água, iniciando o último dia de competição desta primeira fase do Rio Surf Festival 2024.

Na bateria de abertura das quartas o alagoano Klinger Peixoto dominou as ações durante os 15 minutos de disputa, cravando o maior somatório dessa rodada (13.07 pts). O líder do circuito na Grand Master Wallace Sampaio (BA) garantiu a segunda vaga com duas grandes performances, para deixar o ex-top do WCT dos anos 90 Guilherme Herdy (RJ) em terceiro.

Hugo Bittencourt (RJ). Foto: @pablonz.

Na disputa seguinte o paulista Jayme Pereira também se garantiu em primeiro para as semifinais, com o cearense Rogério Dantas – número 13 do ranking – na segunda colocação. Não deu para Luciano Cavalcanti (CE), que finalizou em terceiro.

A terceira bateria teve a vitória de Angelino Santos (RJ) que estava conectado com as pequenas direitas da Macumba, achando ondas que proporcionaram duas manobras até na beira. Em segundo se classificou Flávio Costa (RJ), vice-líder do ranking, com o potiguar Júnior Rocha (7º) encerrando sua participação na Grand Master em terceiro.

A última disputa das quartas-de-final teve a classificação de Cláudio Freitas (RJ) em primeiro e José Junior (RN) em segundo, que conseguiu a virada em sua última onda pra cima de Diego Rosa (SC) que já havia cometido interferência na bateria. 

Semifinais Grand Master (40+)

Marcelo Alves (BA). Foto: @pablonz.

As semis da Grand Master foram pra água em seguida. Na primeira disputa Angelino Santos (RJ) e José Júnior (RN) se classificaram em primeiro e segundo respectivamente, deixando Klinger Peixoto (AL) e Rogério Dantas (CE) de fora da grande decisão. Na segunda semifinal foi a vez do líder Wallace Sampaio (BA) e o vice-líder do ranking Flávio Costa (RJ) fazerem dobradinha na bateria e seguirem pra final, desclassificando Cláudio Freitas (RJ) e Jayme Pereira (SP).

Finais do Rio Surf Festival 2024 na Macumba

Com as séries de ondas mais demoradas na subida da maré por volta do meio dia, a direção de prova decidiu colocar as finais na água com a duração de 25 minutos. A primeira final deste domingo foi com a categoria Legend (55+). O bicampeão brasileiro profissional dos anos 90 Jojó de Olivença (RJ) fez as maiores notas da decisão, marcando 6.0 pts logo em sua primeira onda, o que lhe deu tranquilidade para controlar o restante da bateria.

Jojó sacramentou o título da etapa numa boa esquerda da série, quando executou três batidas fortes de backside que lhe renderam 7.03 pts, uma das maiores deste último dia de competiçãoEm segundo ficou o líder do ranking da Legend Armando Maciel Jr., com o carioca Sérgio Noronha em terceiro e Rubens Farias (SC) na quarta colocação.

Pódio Kahuna. Foto: @pablonz.

Estava na expectativa antes da final em relação às condições que estavam muito difíceis. Entrei concentrado e com a estratégia de utilizar bem a prioridade em busca das melhores ondas. Graças a Deus elas vieram e pude levar essa vitória para casa” disse Jojó de Olivença após a final.

Jojó já ficou na água direto para final da Grand Kahuna (50+). Dessa vez terminou com o vice-campeonato da etapa, vencida pelo baiano Marcelo Alves que surfou apenas duas ondas na decisão e foi preciso em sua escolha de ondas. Em terceiro lugar ficou Luiz Menezes (RJ), com Adriano Naninha(CE) na quarta posição.

Só em estar disputando um evento brasileiro desse porte já me deixa muito satisfeito. Na final tive paciência de esperar as boas, e sabia que para vencer o Jojó, a qual já enfrento a muito tempo nas categorias de baixo, tinha que pegar as maiores e as melhores. Vamos esperar agora a seletiva pra ver o que vai dar” declarou o campeão Marcelo Alves.

Pódio Legend. Foto: @pablonz.

A terceira final do dia a entrar na água foi a Kahuna (45+), com o ex-top mundial Guilherme Herdy (RJ) utilizando sua experiência para administrar bem o jogo de prioridade e ficar com o título. Herdy somou 9.50 pts em suas duas ondas (4.93 e 4.57) para derrotar Wilson Nora (BA) em segundo, Angelino Santos (RJ) em terceiro e Luciano Cavalcante (CE) em quarto lugar.

É sempre especial competir aqui no Rio, onde desenvolvi meu surf. O campeonato todo teve um alto nível, ainda mais com as condições difíceis, o que iguala as performances. Sempre busquei as ondas mais importantes da bateria tanto na Macumba, quanto na Prainha. Queria agradecer a pilha que meu shaper Mdio, que veio do sul, colocou para eu competir aqui e aos meus patrocinadores que me apoiam” comentou Guilherme Herdy.

Pódio Master. Foto: @pablonz.

Angelino Santos (RJ) surfou apenas duas ondas na final da Grand Master (40+) para ser o campeão da etapa, mostrando uma escolha de ondas apurada. Ele abriu com 2.83 pts, e sacramentou o resultado nos minutos finais da disputa com 6.23 pts. Em segundo ficou o baiano Wallace Sampaio, com Flávio Costa em terceiro e o potiguar José Júnior na quarta colocação.

Feliz em vencer na praia que decidi morar, onde está minha escola de surf e meus alunos. É uma honra em poder deixar o troféu de campeão aqui no lugar onde eu vivo e gosto muito” declarou Angelino Santos. A última final desta terceira etapa do Circuito CBSurf Master Tour 2024 no Rio Surf Festival foi a Master (35+). A essa altura as condições do mar começaram a se deteriorar, com as séries ficando cada vez mais demoradas.

Pódio Grand Master. Foto: @pablonz.

A disputa foi acirrada entre os quatro atletas, com o carioca Hugo Bittencourt e o catarinense Diego Rosa se destacando mais em relação a Angelino Santos e Flávio Moraes (RJ). Depois de abrir o confronto com 3.50, Hugo Bittencourt marcou 4.23 pts em sua melhor onda na  final para garantir o título da etapa, superando o líder do ranking Diego Rosa (SC), que finalizou com o vice-campeonato. Angelino Santos (RJ) foi o terceiro com Flávio Costa na quarta posição.

Estar competindo com essas feras que sempre assisti e vi nos campeonatos quando era mais novo é uma grande honra. Agora sou o mais novo Master, acabei de completar 35 anos e tive o privilégio de disputar essa final contra o Diego Rosa, Angelino Santos e Flávio Costa a qual sempre aprendi muito. Estou muito feliz em poder vencer um evento como esse da CBSurf” comentou Hugo Bittencourt.

Premiação recorde no Rio Surf Festival 2024

Pódio Grand Kahuna. Foto: @pablonz.

O Rio Surf Festival 2024 já entrou para a história da CBSurf pela premiação recorde da prova. No total serão R$360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) para as duas competições que fazem parte do Rio Surf Festival nesses 13 dias de disputas na praia da Macumba.

Para os melhores atletas colocados nesta terceira etapa do Circuito CBSurf Master Tour 2024 foram R$100.000,00 (cem mil reais) divididos para as cinco categorias em disputa. Os campeões embolsaram R$8.000,00 (oito mil reais), os vice-campeões R$5.000,00 (cinco mil reais), os terceiros colocados R$4.000,00 (quatro mil reais) e os quarto colocados R$3.000,00 (três mil reais).

Seletiva para o Mundial Master ISA 2024

O mundial Master da ISA (International Surfing Association) voltou ao calendário da entidade nesta temporada, e esta terceira etapa do Circuito CBSurf Master Tour 2024 definirá os integrantes que farão parte da equipe brasileira que irão à praia de Sunzal em El Salvador defender o país.

A Seletiva será para três categorias de idades: entre 40 e 49 anos, de 50 a 59 anos e de 60 anos pra cima, e aconteceria logo após o término das finais desta terceira etapa, mas as difíceis condições do mar obrigaram a organização a cancelar as disputas neste domingo.

A próxima chamada para as seletivas da CBSurf Master será nesta segunda-feira a partir das 08:30 h, com possível início às 09:00h com a segunda bateria da semifinal da seletiva 50 a 59 anos, já entrando na segunda parte do Rio Surf Festival 2024.Ao término da seletiva, a organização vira a chave do evento para as disputas das categorias Longboard, SUP Surf e Surf Race, com provável início na terça-feira (25).

Assim como na etapa do CBSurf Master Tour, a premiação para estas categorias será recorde e distribuirá R$260.000,00 (duzentos e sessenta mil reais) em dinheiro.

Resultados

Master (35+)
1º- Hugo Bittencourt (RJ)
2º- Diego Rosa (SC)
3º- Angelino Santos (RJ)
4º- Flávio Costa (RJ)

Grand Master (40+)
1º- Angelino Santos (RJ)
2º- Wallace Sampaio (BA)
3º- Flávio Costa (RJ)
4º- José Júnior (RN)

Kahuna (45+)
1º- Guilherme Herdy (RJ)
2º- Wilson Nora (BA)
3º- Angelino Santos (RJ)
4º- Luciano Cavalvanti (CE)

Grand Kahuna (50+)
1º- Marcelo Alves (BA)
2º- Jojó de Olivença (RJ)
3º- Luiz Menezes (RJ)
4º- Adriano Naninha (CE)

Legend (55+)
1º- Jojó de Olivença (RJ)
2º- Armando Maciel Jr. (SC)
3º- Sérgio Noronha (RJ)
4º- Rubens Farias (SC)

Fonte: Prime.Press07 Assessoria & Comunicação – Jornalista: João Lopes

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *