14 de junho de 2024

Homens definem as quartas de final e mulheres estreiam na competição no terceiro dia do Dream Tour, em Garopaba

0

O mar estava clássico na Praia da Ferrugem em mais um dia de competição do Circuito Brasileiro de Surf

Foto: David Castro

A quinta-feira amanheceu ensolarada e com ótimas condições para mais um dia de competições da segunda etapa do Dream Tour 2023 na Praia da Ferrugem, em Garopaba. A primeira chamada foi para as duas baterias da segunda fase masculina que faltavam ser finalizadas. Na sequência, as oitavas de final, também da categoria masculina, começaram.

O destaque das disputas homem a homem nas oitavas ficou para Diego Aguiar, representante de São Paulo que eliminou o também paulista Luciano Brulher, com o somatório de 15.43. Já a onda com a melhor pontuação foi do atleta Weslley Dantas, de São Paulo, que conquistou um 8.93 e eliminou o atleta paulista Cauã Costa. 

Weslley Dantas teve a melhor nota masculina do dia. Foto: David Castro.

Foi uma bateria difícil contra o Cauã, tiveram poucas ondas hoje, mas está perfeito. Não consegui soltar todo meu surfe para dar aéreos, vários tipos de manobra, mas mostrei o que consegui achar no jogo e se Deus quiser vamos para a final”, conta Weslley.

Juliana dos Santos dita o rítmo

Juliana dos Santos teve a maior somatória feminina do dia. Foto: David Castro.

Após a definição das oitavas masculinas foi a vez das mulheres caírem na água pela primeira vez na segunda etapa do Dream Tour. A bateria de número um já começou forte, com a cearense Juliana dos Santos vencendo e atingindo a maior pontuação do dia, um 13.50.

No free surf tenho me dado bem então comecei hoje com bastante segurança e muito focada. Passar a primeira bateria é tirar um peso das costas para mostrar o meu surfe. Estou com a cabeça boa e vou continuar com as melhores expectativas, muito foco e fé em Deus para os próximos desafios”, diz Juliana. 

A categoria feminina do Circuito Brasileiro de Surf conta com 24 atletas competindo, desde surfistas muito jovens como Maria Amélia Autori, atleta de apenas 15 anos que é a representante convidada da região, até Silvana Lima, pentacampeã brasileira e vencedora da primeira etapa do Dream Tour em Xangri-lá.

Roberta Borges e Brigitte Mayer, ex-campeões brasileiras de surf, foram presenças marcantes nas areias da praia da Ferrugem, em Garopaba. Foto: Eduardo Rosa

A vice-presidente da CBSurf Brigitte Mayer comenta a importância do desenvolvimento do surfe feminino através de competições como o Dream Tour. “O que estamos vivendo aqui é um verdadeiro divisor de águas. Apesar de todas elas terem um nível técnico altíssimo, este circuito revive o sentimento de competição, de lugar de pertencimento. Elas conseguem ver que tem um espaço importante e igualitário no esporte, além disso hoje temos meninas da categoria de base querendo saber como entrar no Dream Tour. É muito gratificante poder fazer parte desta fomentação do esporte e colaborar no desenvolvimento de novos ídolos e novas perspectivas.

Garopaba é a Capital Catarinense do Surf e o Dream Tour é a Elite do Surf Nacional. Turisticamente falando é um marco histórico e vem consolidando o nosso planejamento de nos tornarmos uma das cidades com mais qualidade de vida do Brasil. Eventos como esses fortalecem a nossa economia em todas as épocas do ano e trabalharemos fortemente para termos um turismo aquecido o ano inteiro”, diz Sérgio Lima, Secretário de Turismo, Esporte e Desenvolvimento de Garopaba.

Além de um mar movimentado, a quinta-feira também foi agitada nas areias da praia da Ferrugem. As crianças dos Projetos Sociais Ser Humano Surf e Onda Azul, participaram de uma gincana ministrada por Brigitte Mayer e Karina Abras, além de conhecerem a vila Socioambiental com as exposições da Rota da Baleia Franca e do Projeto Cetáceos e terem a oportunidade de surfar com a Associação EcoGaropaba.

O próximo dia de competição do Dream Tour 2023 contará com as oitavas de final feminina 

A Divisão Principal do Circuito Brasileiro conta com empresas que dão a dimensão da relevância do evento no cenário esportivo nacional. O Dream Tour tem a Shell como a cota principal Coapresenta, a VIVO e Corona como Patrocinadoras Master e a Gerdau como Patrocinadora.

Dream Tour é uma realização da Confederação Brasileira de Surf (CBSurf) e promoção da Dream Factory, que estão juntos resgatando a Divisão Principal do Circuito Brasileiro de Surfe, através da Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal, por meio do Ministério do Esporte.

Para saber tudo sobre o Dream Tour 2023 siga @dreamtoursurf no Instagram. A competição está sendo transmitida ao vivo no canal CBSurfPLAY do Youtube, e estará disponível na sportv a partir das quartas de final.

Fonte: Chris Volpe – Esporte&Negócio

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *