3 de março de 2024

Paulistas garantem nova vitória por equipes no CBSurf Rip Curl Grom Search

0

Segunda etapa contou com 232 atletas de 14 estados. Paulista, Guilherme Fernandes, leva o Título do Masculino e a catarinense Kiane Hyakutake, se firma na liderança da Sub18. Outra catarinense, Luiza Rosa Teixeira, vence a Sub14 e disputa a liderança com a paranense Luara Mandelli. SC traz a 3ª colocação por equipes

Luiza Rosa Teixeira comemora sua vitória no Rip curl Grom Search. Foto: CBSurf Grom Search/Damangar.

Com quatro vitórias em oito categorias, os paulistas voltaram a garantir a vitória por equipes na 2ª etapa do CBSurf Rip Curl Grom Search, apresentado por GoPro, encerrada neste domingo (7), na Praia do Cupe, em Porto de Galinhas, município de Ipojuca, em Pernambuco.

A competição reuniu 232 atletas de 14 estados e o time vencedor levou a melhor com Carol Bastides e Vini Palma, na sub12, Ryan Kainalo, na sub16, e Guilherme Fernandes, na sub18. Dos quatro, Carol e Ryan repetiram as vitórias comemoradas na etapa inicial, em Vila Velha/ES.

Outros dois atletas também garantiram 100% de aproveitamento no ranking: o paranaense Anuar Chiah, na sub14, e a catarinense Kiane Hyakutake, na sub18. O time de Santa Catarina ainda comemorou mais uma conquista, com Luiza Teixeira, na sub14 feminina, e o Rio Grande do Sul levou na sub16 feminina, com Alexia Monteiro.

Outro grande destaque da etapa foi Luara Mandelli, do Paraná, chegando em três finais e ficando em segundo lugar em todas. Também merece atenção o paraibano Yuri Barros, vice da sub18 e que teve a maior nota, um 9,17, e a melhor somatória, 16,67, de 20 possíveis, na semifinal.

Campeões disputam o Isa World Junior

O Circuito define os campeões brasileiros de surf de base com limite de 18 anos e também vale vagas para a seleção que disputará o ISA World Junior Championship, o mundial da categoria, na sub18 e sub16. A grande final está confirmada para os dias 22 a 25 de setembro, em mais um pico icônico do surf, o Píer de Atlântida, em Xangri-lá, no Rio Grande do Sul.

Mais uma etapa de grande sucesso. Tivemos os componentes essenciais para um campeonato de surf ser especial, com boas ondas e sol nos quatro dias. Também conseguimos ver o alto nível técnico dos competidores, com os melhores do Brasil surfando muito e conseguimos, mais uma vez, entregar o objetivo, que é entregar muito mais do que um campeonato de surf, com várias ativações bacanas na praia, brincadeiras, muita ação na água e a gente espera conseguir finalizar o Circuito nessas mesmas condições”, comemorou o gerente de marketing da Rip Curl, Fernando Gonzalez.

Imbitubense, Luiza Rosa Teixeira, barra vitória de Luara Mandelli na Sub14

Luiza Rosa Teixeira, primeira da dir. para a esq. Foto: CBSurf Grom Search/Damangar

As finais foram abertas com os caçulas da sub12. Carol Bastides levou a melhor novamente. Lanay Thompson vinha muito bem, mas cometeu interferência e ficou só com uma nota, facilitando a vitória da paulista. Entre os meninos, Vini Palma abriu com uma nota 8 e se manteve na ponta até o final.

Na sub14 feminina, Carol Bastides voltou para o mar, Luara Mandelli fez a primeira das três finais e apostava em sua faixa etária, mas quem começou na ponta e se manteve foi Luiza Teixeira, vencendo por uma diferença mínima – 8,64 a 8,50.

Anuar Chiah leva mais uma

Anuar Chiah. CBSurf Grom Search/Damangar

Na sub14 masculina, Anuar Chiah foi o que surfou mais ondas e garantiu a vitória justamente nas duas últimas performances, para virar sobre Kalani Robles, de São Paulo, e Yuri Gabriel, do Rio de Janeiro. “Hoje foi mais um dia incrível para a minha vida. Agora, vamos para o Rio Grande do Sul e, se Deus quiser, levar mais uma taça para o Paraná”, disse Anuar.

Peguei ondas muito boas. Consegui me achar. Queria ter ganhado também na sub14, mas estou bem feliz. Gostei bastante desse lugar, muito lindo e fui muito bem recebida aquia. Essa vitória foi muito especial, porque foi presente de aniversario para o meu pai e também, porque o meu avô é pernambucano. Então, Pernambuco está no meu sangue”, festejou Carol Bastides.

Luara Mandelli também disse ter ficado feliz com seu desempenho em Pernambuco. “Foi um dia intenso demais. Seis baterias praticamente seguidas. Sei a importância do título brasileiro e da vaga para o ISA, por isso dei o meu melhor para poder conseguir um bom resultado e para representar o meu estado. Foi muito puxado três categorias, mas tenho certeza de que lá no futuro vai fazer a diferença na minha formação como atleta”, avaliou Luara.

Na sub16 feminina, Alexia Monteiro abriu com uma boa onda e ficou na frente. Luara, mesmo com a melhor nota da bateria, não conseguiu virar o placar. Já no masculino, Ryan Kainalo manteve a hegemonia, assegurando a nova vitória com um 7,5 pontos.

Catarinense, Kiane Hyakutake, levou na superioridade

Kiane Hyakutake. Foto: CBSurf Grom Search/Damangar

Na sub18 feminina, Kiane também foi superior, inclusive com a maior nota da disputa, um 6,83, vendo Luara repetir o segundo lugar pela terceira vez. Já na última apresentação do evento, uma disputa acirradíssima. Yuri vinha de grande atuação na semi, o pernambucano Luan Ferreyra defendia a liderança, Ryan Kainalo tinha acabado de vencer na sub16 e tentava assumir a ponta também na categoria acima, mas quem brilhou foi Guilherme Fernandes.

O placar final mostrou bem o show nas ondas – Guilherme, 14,83, Yuri, 14,17, Ryan, 13,46.  “Eu não estou acreditando até agora. Foi irado, ainda mais com esse nível técnico altíssimo. Estou muito feliz”, falou Guilherme.

Vale lembrar que os atletas contaram com uma grande estrutura na praia e dentro do mar, um esquema forte de segurança com moto aquática sempre próxima para qualquer eventualidade. Fora do mar, os atletas se divertiram com várias brincadeiras e todas as baterias foram transmitidas ao vivo pelo hotsite da Rip Curl, o ripcurl.com.br/gromsearch22. Os resultados completos da etapa podem ser acompanhados no link surfcore.com.br/system/2022/cbs_base/index.php?etapa=2&tab=2.

O Circuito CBSurf Rip Curl Grom Search é apresentado pela GoPro, com patrocínios da Surfland Brasil, FuWax, Silverbay, Brazinco, DNTBras e blocos Teccel. Apoio da Prefeitura do Ipojuca, Federação Pernambucana de Surf, Maré Comida com Vida, pranchas Realce Nordeste e Maresia Unique com divulgação da FMA Notícias.

Fonte: FMA Notícias

RESULTADOS DA 2ª ETAPA

SUB12 FEMININA
1ª Carol Bastides – SP
2ª Lanay Thompson – RJ
3ª Ana Dagostini – ES
4ª Marina Suguimoto – SP
LÍDER – Carol Bastides – SP

SUB12 MASCULINA
1º Vini Palma – SP
2º Arthur Vilar – RN
3º Calebe Simões – SP
4º Michel Demétrio – SC
LÍDER – Arthur Vilar – RN

SUB14 FEMININA
1ª Luiza Teixeira – SC
2ª Luara Mandelli – PR
3ª Carol Bastides – SP
4ª Maria Beatriz – SP
LÍDER – Luara Mandelli – PR

SUB14 MASCULINA
1º Anuar Chiah – PR
2º Kalani Robles – SP
3º Yuri Gabriel – SC
4º Caio Okamoto – SP
LÍDER – Anuar Chiah – PR

SUB16 FEMININA
1ª Alexia Monteiro – RS
2ª Luara Mandelli – PR
3ª Giovana Donato – SP
4ª Maria Eduarda – BA
LÍDER – Alexia Monteiro – RS

SUB16 MASCULINA
1º Ryan Kainalo – SP
2º Luan Ferreyra – PE
3º Ryan Coelho – PR
4º Guilherme Lemos – RJ
LÍDER – Ryan Kainalo – SP

SUB18 FEMININA
1ª Kiane Hyakutake – SC
2ª Luara Mandelli – PR
3ª Alexia Monteiro – RS
4ª Gabriely Vasque – PR
LÍDER – Kiane Hyakutake – SC

SUB18 MASCULINA
1º Guilherme Fernandes – SP
2º Yuri Barros – PB
3º Ryan Kainalo – SP
4º Luan Ferreyra – PE
LÍDER – Luan Ferreyra – PE

EQUIPES
1º São Paulo
2º Paraná
3º Santa Catarina
4º Rio de Janeiro
LÍDER – São Paulo

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *