10 de julho de 2024

Surfistas escalados para estrear no Layback Pro Prainha no Rio de Janeiro

0

As eliminatórias serão iniciadas nesta quinta-feira, os homens foram divididos em 3 fases de 8 baterias, na categoria feminina são 2 rodadas com 4 baterias e na quarta-feira tem Festa de Abertura no Layback Park

Nesta quinta-feira começam as eliminatórias do Layback Pro Prainha 2024. Foto: Luiz Blanco/Layback Pro.

surfistas que vão participar do Layback Pro Prainha apresentado por Instituto O Grito, já estão escalados para estrear na terceira edição desta etapa do World Surf League (WSL) Qualifying Series (QS) no Rio de Janeiro. Alguns estão vindo direto do Challenger Series da África do Sul para competir na Prainha, como os defensores dos títulos, Laura Raupp e Cauã Costa. Esta será a quarta prova da temporada 2024/2025 da WSL South America e as eliminatórias começam na quinta-feira, quando também serão iniciadas as aulas de Yoga e Jiu Jitsu para o público, que também poderá aproveitar a mini-ramp de skate e o Local Market.

Os participantes da competição masculina do Layback Pro Prainha, foram divididos em 3 rodadas de 8 baterias formadas por 4 competidores. Os mais bem colocados no ranking da WSL South America, formam a lista dos 16 principais cabeças de chave que só estrearão na terceira fase. Na segunda, entram mais 16 pré-classificados pelas posições no ranking e os outros 32 vão abrir o campeonato na quinta-feira. Por não fazer a inscrição no prazo, o número 4 do ranking, Igor Moraes, foi escalado na primeira bateria, com Pedro RianBernardo Bordovsky e o ex-top da elite da WSL, Pedro Henrique.

Igor Moraes saindo de uma bateria no Layback Pro de Florianópolis esse ano. Foto: Marcio David/Layback Pro.

Igor Moraes é o único surfista que conseguiu a nota máxima nas três primeiras etapas desta temporada. A nota 10 saiu com seu ataque insano numa junção gigante nas esquerdas da Praia de Itaúna, em Saquarema. Outras atrações da primeira fase, são o saquaremense Daniel Templar na terceira bateria, na sexta tem o paulista Gabriel Klaussner que sempre vem brigando pelas 7 vagas que a WSL South America indica para o Challlenger Series e na oitava e última está o talentoso Guilherme Ferreira, cearense que mora no Rio de Janeiro e foi terceiro colocado no ranking sul-americano Pro Junior da WSL esse ano. 

Entre os 16 pré-classificados que entrarão na segunda fase, para enfrentar os que passarem pela rodada inicial, o principal destaque é o argentino Franco Radziunas, que ocupa a segunda posição no ranking liderado pelo catarinense Lucas Vicente. Ele está escalado junto com o também argentino Francisco Laxalde na primeira bateria e na segunda entra o vice-campeão sul-americano Pro Junior deste ano, Cauet Frazão, outro cearense que mora na capital carioca. Na quarta bateria, tem um ex-top da elite do Championship Tour (CT), Wiggolly Dantas, e na sétima o carioca Anderson da Silva, que detém o recorde de maior nota das duas edições do Layback Pro Prainha, 9,50.

Cauã Costa começará a defender o título do Layback Pro na terceira fase. Foto: Luiz Blanco/Layback Pro.

Já entre os 16 principais cabeças de chave que só começam a competir na terceira fase, Cauã Costa, que também é do Ceará e mora no Rio de Janeiro há muitos anos, vai fazer a sua primeira defesa do título conquistado no ano passado, logo na primeira bateria. Na segunda, está o paulista Kaue Germano, que fez a final com Cauã Costa e foi vice-campeão do Layback Pro Prainha em 2023. Kaue é o quinto do ranking e outros cabeças de chave do grupo dos top-7, são Peterson Crisanto (3.o) na terceira bateria, José Francisco (6.o) na quarta e o líder, Lucas Vicente, que vai fechar a terceira fase estreando junto com o bicampeão sul-americano Pro Junior de 2023 e 2024, Ryan Kainalo.

CATEGORIA FEMININA – Na competição feminina, as desafiantes ao título do Layback Pro Prainha esse ano, foram divididas em duas fases com quatro baterias. Uma das novidades é a participação da surfista de Cabo Frio, Karol Ribeiro, que está voltando ao Brasil depois de passar alguns meses na Austrália. Esta será a primeira etapa da temporada 2024/2025 da WSL South America que ela vai participar. Mas as principais estrelas formam o grupo das 8 cabeças de chave que estrearão na segunda fase, já disputando classificação para as quartas de final.

Sophia Medina e Laura Raupp saindo de uma bateria no Layback Pro Floripa. Foto: Marcio Davidi/Layback Pro.

Três delas vieram direto do Challenger Series na África do Sul, para competir no Rio de Janeiro, Laura RauppSophia Medina e a peruana Daniella RosasLaura Raupp venceu o Layback Pro Prainha no ano passado e lidera o ranking da WSL South America esse ano com duas vitórias nas três etapas realizadas. Ela estreia na primeira bateria da segunda fase e na terceira está Sophia Medina, que na segunda-feira disputou as semifinais do Ballito Pro em KwaZulu-Natal. E a Daniella Rosas, tricampeã sul-americana e vice-líder no ranking deste ano, vai disputar as duas últimas vagas para as quartas de final. Outra peruana fecha a lista das top-3 que estão se classificando para o Challenger Series 2025, Arena Rodriguez Vargas, que conquistou o título sul-americano Pro Junior esse ano e está na segunda bateria.

ATRAÇÕES EXTRAS: Além do show de surfe garantido dentro d´água, o Layback Pro Prainha não é só um campeonato e várias atrações extras para o público, estão programadas para rolar nesta semana na capital carioca. Na quarta-feira à noite, tem a Festa de Abertura no Layback Park, no Recreio dos Bandeirantes. Na quinta-feira começa a competição na Prainha e serão iniciadas as práticas de Yoga nas primeiras horas da manhã, as aulas de Jiu Jitsu e abrem-se o Local Market e a mini-ramp de skate. Essas atividades na Prainha seguirão acontecendo todos os dias, paralelamente à competição, com o Layback Park no Recreio também promovendo atrações para o público curtir todas as noites.

PROGRAMAÇÃO OFICIAL DO LAYBACK PRO:
——Layback Park: Rua Fernando Bujones, 66 – Recreio dos Bandeirantes
10/jul – quarta-feira as 19h: Corona apresenta Coquetel de Abertura no Layback Park
11/jul – quinta-feira as 20h: Layback apresenta Best Trick´s + Premiére Overliife – Jobiel Video Part
12/jul – sexta-feira as 20h: Popcorn Session´s – exibições Entrelar, EP.16, Otherwise e Layback Team X-Games Ventura Final
13/jul – sábado as 14h na Prainha – After Contest com DJ Zion
13/jul – sábado a noite – Festa Oficial do Layback Pro com Emanno convida Helite Bentes na Longboard Paradise na Av. Paulo Tapajós, 616 – Recreio
14/jul – domingo as 14h na Prainha – After Contest com DJ David Tabalipa
14/jul – as 18h no Layback Park: Layback Pro After Party – Encerramento

BATERIAS DO LAYBACK PRO PRAINHA:
(Baterias sujeitas à alterações até o início da competição)

PRIMEIRA FASE – 3.o=49.o lugar (60 pts) e 4.o=57.o lugar (57 pts):
1.a: Igor Moraes (BRA), Pedro Rian (BRA), Bernardo Bordovsky (POL), Pedro Henrique (BRA)
2.a: Igor Shibata (BRA), Thiago Passeri (ARG), Gabriel Popo (BRA), Moises Estevan (BRA)
3.a: Daniel Templar (BRA), Walley Guimarães (BRA), Yuri Fernandes (BRA), Ian Alho (BRA)
4.a: Yan Sondahl (BRA), Sunny Pires (BRA), Kauai Marinho (BRA), Caio Lobianco (BRA)
5.a: Gabriel Klaussner (BRA), Enrico Malhado (BRA), Hugo Bittencourt (BRA), Philippe Chagas (BRA)
6.a: Caio Knnapi (BRA), Mariano Arreyes (ARG), Caique Gomes (BRA), Cristiano Gomes (BRA)
7.a: Daniel Adisaka (BRA), Luis Henrique Araujo (BRA), Gabriel Pastori (BRA), Ethan Hollander (EUA)
8.a: Guilherme Ferreira (BRA), Marcell Neves (BRA), Rafael Lutfy (BRA), Thomas Smith (BRA)

SEGUNDA FASE – entrada de 16 pré-classificados pelo ranking:
————3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=41.o lugar (63 pts)
1.a: Franco Radziunas (ARG), Francisco Laxalde (ARG), 1.o da 1.a da 1.a Fase e 2.o da 2.a
2.a: Cauet Frazão (BRA), Philippe Neves (BRA), 1.o da 2.a e 2.o da 1.a
3.a: Gustavo Henrique (BRA), Takeshi Oyama (BRA), 1.o da 3.a e 2.o da 4.a
4.a: Samuel Igo (BRA), Wiggolly Dantas (BRA), 1.o da 4.a e 2.o da 3.a
5.a: Rickson Falcão (BRA), Pedro Martins (BRA), 1.o da 5.a e 2.o da 6.a
6.a: Eric Bahia (BRA), Pedro Neves (BRA), 1.o da 6.a e 2.o da 5.a
7.a: Gabriel André (BRA), Anderson da Silva (BRA), 1.o da 7.a e 2.o da 8.a
8.a: Felipe Oliveira (BRA), Kailani Renno (BRA), 1.o da 8.a e 2.o da 7.a

TERCEIRA FASE – entrada dos 16 principais cabeças de chave:
————3.o=33.o lugar (66 pts) e 4.o=41.o lugar (63 pts)
1.a: Cauã Costa (BRA), Leandro Bastos (BRA), 1.o da 1.a da 2.a Fase e 2.o da 2.a
2.a: Kaue Germano (BRA), Rodrigo Saldanha (BRA), 1.o da 2.a e 2.o da 1.a
3.a: Peterson Crisanto (BRA), Caio Costa (BRA), 1.o da 3.a e 2.o da 4.a
4.a: José Francisco (BRA), Weslley Dantas (BRA), 1.o da 4.a e 2.o da 3.a
5.a: Lucas Silveira (BRA), Vitor Ferreira (BRA), 1.o da 5.a e 2.o da 6.a
6.a: Mateus Sena (BRA), Valentin Neves (BRA), 1.o da 6.a e 2.o da 5.a
7.a: Nacho Gundesen (ARG), Wesley Leite (BRA), 1.o da 7.a e 2.o da 8.a
8.a: Lucas Vicente (BRA), Ryan Kainalo (BRA), 1.o da 8.a e 2.o da 7.a

PRIMEIRA FASE FEMININA – 3.a=17.o lugar (200 pts) e 4.a=21.o lugar (174 pts):
1.a: Yanca Costa (BRA), Catalina Zariquiey (PER), Paloma Pardo (BRA)
2.a: Mariana Areno (BRA), Kayane Reis (BRA), Nina Stein (BRA), Sarah Ozorio (BRA)
3.a: Tais Almeida (BRA), Sol Carrion (BRA), Vidda Cavalcanti (BRA)
4.a: Karol Ribeiro (BRA), Laiz Costa (BRA), Leticia Calleia (BRA)

SEGUNDA FASE – entrada das 8 cabeças de chave – 1.a e 2=Quartas de Final:
1.a: Laura Raupp (BRA), Alexia Monteiro (BRA), 1.a da 1.a da 1.a Fase e 2.a da 2.a
2.a: Arena Rodriguez Vargas (PER), Vera Jarisz (ARG), 2.a da 1.a e 1.a da 2.a
3.a: Sophia Medina (BRA), Julia Duarte (BRA), 1.a da 3.a e 2.a da 4.a
4.a: Daniella Rosas (PER), Kiany Hyakutake (BRA), 2.a da 3.a e 1.a da 4.a

Fonte: João Carvalho – WSL Latin America Media Manager

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *