12 de julho de 2024

Surfistas olímpicos reforçam a seleção brasileira da WSL no Vivo Rio Pro em Saquarema

0

Luana Silva e Tainá Hinckel foram as convidadas, João Chianca também, junto com Samuel Pupo, Yago Dora e Caitlin Simmers defendem os títulos. A etapa brasileira do CT começa dia 22 de junho

Cartaz do Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema. Foto: Divulgação World Surf League.

Os surfistas olímpicos João ChiancaLuana Silva e Tainá Hinckel, vão reforçar a seleção brasileira no Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema, a “Capital Nacional do Surf” na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Os três e Samuel Pupo, receberam os convites para participar da etapa brasileira do World Surf League (WSL) Championship Tour (CT) esse ano. Na Praia de Itaúna, os melhores surfistas do mundo farão suas últimas apresentações antes dos Jogos Olímpicos de Paris 2024 nos tubos de Teahupo´o, em julho no Taiti. O Vivo Rio Pro será transmitido ao vivo pelo Sportv e WorldSurfLeague.com.

O desafio nas ondas do Maracanã do surfe brasileiro, será ainda o penúltimo para definir os top-5 e as top-5, que irão disputar os títulos mundiais da temporada no Lexus WSL Finals, em setembro em Trestles, na Califórnia, EUA. Com a ótima participação nas últimas etapas, do Italo Ferreira vencendo a do Taiti nos tubos de Teahupo´o, Yago Dora sendo vice-campeão na de El Salvador nas direitas de Punta Roca e Gabriel Medina chegando nas semifinais das duas, os brasileiros agora estão batendo na porta dos top-5 e podem entrar já agora no Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema.

Catilin Simmers e Yago Dora com os troféus das vitórias no Vivo Rio Pro 2023. Foto: @WSL/Thiago Diz.

Yago Dora foi o campeão da etapa brasileira no ano passado e vai defender o título junto com a californiana Caitlin Simmers, que competirá vestindo a lycra amarela de número 1 da WSL. Yago subiu para a oitava posição no ranking, logo abaixo do Italo Ferreira em sétimo lugar e Gabriel Medina em sexto. O tricampeão mundial também representará o Brasil nos Jogos de Paris. O único que vai disputar medalhas no Taiti e não competirá em Saquarema, é o bicampeão mundial Filipe Toledo. Ele pediu uma licença no Circuito Mundial esse ano e está focado para buscar uma medalha na Polinésia Francesa. 

O prazo do Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema, começa no dia 22 e vai até 30 de junho. Mas, no dia 21 à noite já tem a Festa de Abertura acontecendo na maior arena do Circuito Mundial, com uma apresentação especial de drones no céu de Itaúna, além de shows musicais com várias atrações e a principal é o Papatinho. No ano passado, a etapa brasileira inovou com a apresentação da Esquadrilha da Fumaça inédita em campeonatos de surfe. Esse ano tem o primeiro mascote da WSL, o “Saquá”, inspirado no pássaro socó-dorminhoco, espécie típica da Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Além disso, a Vila dos Patrocinadores estará aberta novamente, com várias ativações acontecendo todos os dias.

A Esquadrilha da Fumaça da Força Aérea Brasileira lotou Saquarema no ano passado. Foto: Staff Imagens.

BRASILEIROS ESCALADOS – Dentro d´água, o espetáculo está garantido também pelos melhores surfistas do mundo, que vão competir no Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema. A torcida que sempre lota as areias de Itaúna, certamente vai vibrar a cada onda, especialmente as surfadas pelos oito representantes do Brasil, cinco na competição masculina e as três surfistas olímpicas. Se o evento começar pelas mulheres, a estreia da seleção brasileira será em dose dupla na segunda bateria, com Tatiana Weston-Webb e Tainá Hinckel enfrentando a líder do ranking e defensora do título, Caitlin Simmers.

Na primeira fase feminina, as vencedoras das quatro baterias avançam direto para as quartas de final. Mas, as perdedoras têm uma segunda chance de classificação na repescagem. A outra brasileira, Luana Silva, entra na terceira bateria com a atual campeã mundial, Caroline Marks, e Bettylou Sakura Johnson. Na competição masculina, as vitórias valem passagem direta para as oitavas de final, com os dois derrotados em cada uma das oito baterias, se enfrentando nos duelos homem a homem da repescagem.

João Chianca competindo como top da elite no ano passado em Saquarema. Foto: @WSL/Thiago Diz.

Os convidados do Vivo Rio Pro apresentado por Corona, serão os primeiros a se apresentar na Praia de Itaúna. O paulista Samuel Pupo, vice-campeão da etapa brasileira no tricampeonato de Filipe Toledo em Saquarema com nota 10 na final de 2022, está na terceira bateria, com os australianos Jack Robinson e Ryan Callinan. E na quarta, entra o saquaremense João Chianca, para enfrentar o líder do ranking, John John Florence, e o marroquino Ramzi Boukhiam. 

Depois, tem Gabriel Medina na sexta bateria, defendendo a sexta posição no ranking contra o indonésio Rio Waida e o italiano Leonardo Fioravanti. Na sétima, estreia o campeão olímpico Italo Ferreira, junto com o norte-americano Crosby Colapinto e o australiano Liam O´Brien. E o Yago Dora, atual campeão do Vivo Rio Pro apresentado por Corona em Saquarema, vai disputar a última classificação direta para as oitavas de final, com o californiano Jake Marshall e o sul-africano Matthew McGillivray.

Yago Dora venceu o Vivo Rio Pro com um aéreo nota 10 na decisão do título. Foto: @WSL/Daniel Smorigo.

COLETIVA DE IMPRENSA – Algumas estrelas da seleção brasileira estarão atendendo aos jornalistas na Coletiva de Imprensa do Vivo Rio Pro apresentado por Corona, que será realizada no dia 20 de junho, próxima quinta-feira, às 11h00 no Centro Cultural Banco do Brasil, na Rua Primeiro de Março, 66, no centro da capital do Rio de Janeiro. As vagas para jornalistas são limitadas e para se cadastrar, é necessário enviar um e-mail até 15 de junho para jcarvalho@worldsurfleague.com, informando o nome do veículo de mídia e a respectiva função, número do celular com DDD e e-mail de cada um.

Tatiana Weston-Webb é a única brasileira que disputa vaga nas top-5. Foto: @WSL/Daniel Smorigo.

PRIMEIRA FASE DO VIVO RIO PRO EM SAQUAREMA:

CATEGORIA FEMININA – 1.a=Quartas de Final /  2.a e 3.a=Repescagem:
1.a: Molly Picklum (AUS), Johanne Defay (FRA), Tyler Wright (AUS)
2.a: Caitlin Simmers (EUA), Tatiana Weston-Webb (BRA)Tainá Hinckel (BRA)
3.a: Caroline Marks (EUA), Bettylou Sakura Johnson (HAV), Luana Silva (BRA)
4.a: Brisa Hennessy (CRC), Gabriela Bryan (HAV), Sawyer Lindblad (EUA)

CATEGORIA MASCULINA – 1.o=Oitavas de Final /  2.o e 3.o=Repescagem:
1.a: Ethan Ewing (AUS), Cole Houshmand (EUA), Connor O´Leary (JPN)
2.a: Griffin Colapinto (EUA), Kanoa Igarashi (JPN), Seth Moniz (HAV)
3.a: Jack Robinson (AUS), Ryan Callinan (AUS), Samuel Pupo (BRA)
4.a: John John Florence (HAV), Ramzi Boukhiam (MAR), João Chianca (BRA)
5.a: Jordy Smith (AFR), Barron Mamiya (HAV), Imaikalani deVault (HAV)
6.a: Gabriel Medina (BRA), Rio Waida (IDN), Leonardo Fioravanti (ITA)
7.a: Italo Ferreira (BRA), Crosby Colapinto (EUA), Liam O´Brien (AUS)
8.a: Yago Dora (BRA), Jake Marshall (EUA), Matthew McGillivray (AFR)

RANKING DA WORLD SURF LEAGUE – 7 etapas:

TOP-20 DA CATEGORIA MASCULINA:
1.o- John John Florence (HAV) – 41.465 pontos
2.o- Jack Robinson (AUS) – 30.725
3.o- Griffin Colapinto (EUA) – 30.515
4.o- Ethan Ewing (AUS) – 27.250
5.o- Jordy Smith (AFR) – 24.790
6.o- Gabriel Medina (BRA) – 24.235
7.o- Italo Ferreira (BRA) – 24.045
8.o- Yago Dora (BRA) – 23.835
9.o- Jake Marshall (EUA) – 22.770
10.o- Crosby Colapinto (EUA) – 22.120
11.o- Rio Waida (IDN) – 21.055
12.o- Barron Mamiya (HAV) – 20.630
13.o- Cole Houshmand (EUA) – 20.630
14.o- Kanoa Igarashi (JPN) – 20.420
15.o- Ryan Callinan (AUS) – 20.130
16.o- Ramzi Boukhiam (MAR) – 20.130
17.o- Matthew McGillivray (AFR) – 19.480
18.o- Liam O´Brien (AUS) – 17.365
19.o- Leonardo Fioravanti (ITA) – 16.800
20.o- Imaikalani deVault (HAV) – 16.800

TOP-10 DA CATEGORIA FEMININA:
1.a- Caitlin Simmers (EUA) – 38.185 pontos
2.a- Caroline Marks (EUA) – 37.745
3.a- Brisa Hennessy (CRC) – 36.885
4.a- Molly Picklum (AUS) – 34.645
5.a- Johanne Defay (FRA) – 34.645
6.a- Gabriela Bryan (HAV) – 32.510
7.a- Bettylou Sakura Johnson (HAV) – 29.935
8.a- Tatiana Weston-Webb (BRA) – 29.015
9.a- Tyler Wright (AUS) – 26.460
10.a- Sawyer Lindblad (EUA) – 25.120

Fonte: João Carvalho – WSL Latin America Media Manager

About Author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *